Morre o velejador e juiz de regatas Dionysio Sulzbeck, mais conhecido como Didi

Didi deixa um legado de paixão pelo esporte e saudade dos familiares e amigos

07/12/2022

A vela amanheceu triste nesta quarta-feira, dia 7 de dezembro, com notícia da morte do velejador apaixonado pelo esporte Dionysio Sulzbeck, aos 87 anos.

Didi, como era conhecido entre os velejadores, deixa um imenso legado na história da vela no Brasil. Foi, por muitos anos, juiz do circuito de vela oceânica mais importante do Brasil, que é a Semana de Vela de Ilhabela, e presidiu a FEVESP (Federação de Vela do Estado de São Paulo).

Pessoa do bem, de bom coração. Fazia parte dos eventos e da vela sem interesse que não fosse o amor pelo mundo náutico. Não conheço nem sequer uma pessoa que não gostasse dele. Era sempre uma alegria encontrá-lo – Ernani Paciornik, presidente de NÁUTICA. 

Nas redes sociais, muitos amigos e admiradores do velejador lamentaram sua partida. “Triste notícia! Um grande juiz, deixou uma lição de serenidade e paciência, ele deixa a vela para entrar na história. Nossos sentimentos à família”, disse um deles.

“Sentirei muita falta dos nossos bate-papos, como ocorreu na última Semana de Vela. Meus profundos sentimentos à Família. Que navegue em Paz”, relatou outro.

 

“Um dos mais respeitados juízes de regata brasileiros, foi fundamental para a consolidação da vela paulista por várias décadas. Dono de um humor peculiar, contagiava os ambientes por onde transitava e ajudou na formação de gerações de velejadores. Veleje em paz por novas águas”, publicou os organizadores da Copa Mitsubishi de Vela.

 

A Confederação Brasileira de Vela – CBVela, também prestou sua homenagem à Dionysio: “A vela está triste pela sua partida, mas celebrando todo seu legado. Descanse em paz, amigo Didi, bons ventos onde estiver!”

 

NÁUTICA lamenta a partida de Dionysio e presta sentimentos à família e amigos do velejador.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Primeiro catamarã a hidrogênio dos EUA está pronto para servir como balsa

    Guarda Costeira norte-americana autorizou o início do serviço, que transportará até 75 pedestres por vez pela Baía de São Francisco

    Governo do Rio de Janeiro reduz imposto para fabricantes de embarcações

    Vitória para o setor, incentivo fiscal para o setor náutico reduz de 27% para 7% a alíquota do ICMS para venda de barcos

    Teste Real 40 Cabriolet: lancha se destaca pelo conforto no cockpit, cabine e posto de comando

    Testada nas águas de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, modelo ainda chama atenção pela pilotagem a céu aberto

    Cruzeiro nudista pelo Caribe é aposta de empresa dos Estados Unidos; conheça

    Com previsão de lançamento em 2025, viagem sem roupa pelos mares custa a partir de R$ 10 mil, mas tem regras rígidas de convivência

    Robert Scheidt será o embaixador da 51ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela

    Maior medalhista da história olímpica do Brasil estará no evento patrocinado pela Mitsubishi de 20 a 27 de julho