Picape da Tesla poderá navegar como um barco, segundo Elon Musk

Novidade da marca elétrica, no entanto, ainda não começou a ser produzida

07/10/2022

O CEO da Tesla, Elon Musk, afirmou em sua conta pessoal no Twitter que a picape Cybertruck poderá navegar por rios, lagos e até mares — desde que as águas não estejam muito agitadas.

 

Para Elon, essa funcionalidade inovadora do veículo servirá para que os motoristas possam ir de Starbase (a base no Texas onde os foguetes SpaceX são fabricados e lançados) para South Padre Island — trajeto que requer a travessia de um canal. A distância é de cerca de 75 km, em que 60 km são percorridos por estradas e o restante, via água.

 

Foto: Tesla Cybertruck/ Reprodução: Tesla/ Jornal do Carro

 

Como a ideia inicial do carro não era ser adaptado para fazer navegação, o valor final poderá ser reajustado, dado aos novos recursos que devem ser instalados. Segundo a agência Reuters, o valor da picape no começo do ano girava em torno de US$ 40 mil (cerca de R$ 200 mil). A proposta da Cybertruck continua a mesma, de além de ser um carro grande elétrico, apresentar ao público um design inovador.

 

Agora, quem deseja comprar este veículo da Tesla deve desembolsar ao menos R$ 950 mil, mas é necessário acompanhar a variação diária do dólar, que deve influenciar o preço final.

 

A chegada ao Brasil do modelo importado já foi anunciada em agosto do ano passado pelo Osten Group — concessionárias especializadas na comercialização de veículos premium. Desde então, apenas um brasileiro fez uma reserva com a marca.

 

Por enquanto, a Osten está oferecendo um plano de assinatura para a Cybertruck. O contrato, que dura quatro anos, possui a franquia de 1.000 quilômetros por mês e custa cerca de R$ 20 mil mensais. Dentro deste valor está incluso a documentação, assessoria de carro reserva, assistência 24 horas, seguro e manutenção preventiva, entre outros serviços. Contudo, ainda não há previsão para a chegada do veículo ao Brasil.

 

A Cybertruck ainda não entrou em produção, um dos principais motivos é a falta de chips e semicondutores na indústria automobilística. Contudo, a picape deve começar a ser produzida na Gigafactory da marca, no estado do Texas (EUA).

 

Foto Destaque: Tesla Cybertruck/ Reprodução: Tesla/ Jornal do Carro

 

*Por Felipe Yamauchi, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Adegas rifam vinho de R$ 5 mil, envelhecido no fundo do mar, para ajudar RS

    Empresas já arrecadaram mais de R$ 100 mil com bilhetes vendidos a R$ 10 cada

    Temporada de baleias: confira regras e onde avistar o animal no Brasil

    De junho a novembro, cetáceos saem da Antártica em busca das águas brasileiras para se reproduzirem

    Cidade perdida no meio do Pacífico tem localização remota e mistério sobre sua construção

    Localizada sobre um recife de corais, a cidade perdida de Nan Madol tem fama de "amaldiçoada" e intriga cientistas

    Registro raro: lula de mar profundo ataca câmera com tentáculos “acesos”; assista

    Filmagem mostra animal sendo atraído por isca presa a uma câmera a mais de mil metros de profundidade no Pacífico Sul

    Ex-dono da lancha de JK largou tudo para resgatar de jet mais de 150 animais no RS

    Gerard Souza contou à NÁUTICA sobre os onze dias de voluntariado intenso nas regiões afetadas pelas enchentes