Prefeitura de Guarujá estuda implementar taxa de preservação ambiental aos turistas

Documento prevê diárias sobre o ingresso e a permanência de veículos de fora da Baixada Santista por mais de três horas

21/11/2023
Foto: Portal Guarujá/ Secretaria de Turismo de Guarujá/ Divulgação

No litoral de São Paulo, a Prefeitura de Guarujá estuda implantar aos turistas uma Taxa de Preservação Ambiental (TPA). Com diárias que iriam de R$ 4,26 a R$ 119,28, a cobrança tem o objetivo de minimizar os impactos ambientais gerados pelo grande número de visitantes na alta temporada e nos feriados.

Elaborado pela Semam (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), o documento prevê cobranças sobre o ingresso e a permanência de veículos de fora da Baixada Santista por mais de três horas. Segundo a pasta, o dinheiro arrecadado com a futura cobrança será destinado ao Fundo Municipal de Meio Ambiente.

Foto: Portal Guarujá/ Secretaria de Turismo de Guarujá/ Divulgação

Segundo estimativa da Seman, turistas que visitam a cidade em feriados prolongados e períodos de férias acabam produzindo de 1kg a 1,6kg de lixo por dia.

 

Essa taxa não seria uma novidade no país, visto que Fernando de Noronha, Jericoacoara, Ubatuba e Paraty também utilizam o TPA.

 

Uma audiência pública sobre o tema está marcada para a próxima sexta-feira (24), às 18h (horário de Brasília), no auditório do Sindicato dos Funcionários Públicos (Sindserv).  A expectativa é que a proposta seja encaminhada a Câmara Municipal ainda em 2023.

Como funcionaria a taxa para turistas no Guarujá

Segundo a Prefeitura de Guarujá, a taxa será exclusiva para os turistas. Sendo assim, estarão isentos veículos de moradores das oito demais cidades da Baixada Santista, desde que estejam cadastrados. Já quem possui casa de verão na região poderá cadastrar até dois automóveis para isenção.

Foto: Portal Guarujá/ Secretaria de Turismo de Guarujá/ Divulgação

Além disso, veículos de serviços essenciais como ambulância, carros fúnebres, viaturas policiais, transportes públicos e coletivos também não pagarão a taxa. Aqueles que estão abastecendo o comércio local ou de passagem breve — inferior a 3 horas — ficarão livres de pagamento.

 

Por outro lado, os turistas que circularem no Guarujá deverão efetuar o cadastro virtual ou em postos físicos de recolhimento definidos pela Prefeitura, e realizar o pagamento da taxa de acordo com a previsão do tempo de permanência — com prazo de até 72 horas para registrar a entrada.

Foto: Portal Guarujá/ Secretaria de Turismo de Guarujá/ Divulgação

Quem não realizar um registro terá um boleto de pagamento emitido pelo munícipio, correspondente ao valor das diárias — sem contar a multa prevista na lei. Todo o processo de fiscalização eletrônica em pontos estratégicos de acesso — pontes e rodovias, além de entradas e saídas de balsas — será terceirizado.

Preço da taxa para turistas no Guarujá (por dia):

R$ 4,26 para motocicletas, motonetas e ciclomotores (acima de 50 cilindradas);

R$ 12,78 para veículos de pequeno porte (compactos e médios);

R$ 17,04 para veículos utilitários (caminhonetes, SUVs, kombis e outros);

R$ 42,60 + taxa de entrada para vans de turismo;

R$ 55,38 + taxa de entrada para micro-ônibus, motorhomes e caminhões (dois eixos);

R$ 119,48 + taxa entrada para ônibus e caminhões (com mais de dois eixos)

 

Caso aprovada, as inclusões de TPA não encerrariam as outras taxas obrigatórias já existentes.

 

Por Áleff Willian, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Poluição sonora no mar pode ser catastrófica para as baleias

    Barulhos provenientes da navegação de barcos, extração de recursos e outras atividades marítimas afetam a circulação dos animais que se comunicação pelo som

    Confira a melhor forma de chegar ao Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transfer todos os dias e estacionamento 24h; saiba mais

    NÁUTICA Talks: Izabel Pimentel e Marcelo Osanai contam acontecimentos inesperados na navegação

    Dois navegadores que já passaram por apuros em alto-mar relatam suas incríveis histórias no Rio Boat Show 2024

    Yamaha vai ao Rio Boat Show 2024 com cinco motores e dois jets

    Entre os equipamentos, estão cinco modelos de popa; evento acontece de 28 de abril a 5 de maio

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina