Semana de Vela de Ilhabela: Martine Grael e Gabriela Nicolino estão em equipe 100% feminina

Por: Redação -
18/07/2022

Martine Grael, bicampeã olímpica na Rio-2016 e Tóquio-2020, vai comandar uma tripulação feminina na 49ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela, que terá ainda a carioca Gabriela Nicolino, medalhista de Bronze nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019.

A competição, que já tem 105 barcos confirmados, é uma realização do Yacht Club de Ilhabela em parceria com a Prefeitura Municipal de Ilhabela, com patrocínio da Mitsubishi Motors, e ocorre entre os dias 23 e 30 de julho.

VEJA TAMBÉM
>> Ingressos São Paulo Boat Show: garanta 20% de desconto na pré-venda

Martine vem embalada após a conquista do bicampeonato do Europeu da classe 49Er FX no início do mês em Aarhus, na Dinamarca, ao lado de Kahena Kunze.

“Vamos para a água com a tripulação não muito treinada. Temos alguns dias em que conseguiremos juntar parcialmente a tripulação. O que vai ser bem bom”, disse Martine.

“Mas o meu objetivo em vir correr a Semana de Vela, deixando até para trás o nosso calendário um pouco, é porque respeito a vela profissional feminina. O Brasil está muito atrás em relação ao resto do mundo em relação à vela profissional, é bem atrasado. Para mim é muito importante prestigiar as competições nacionais”, destacou Martine.

Parceria de longa data

Nicolino irá como trimmer e tática do veleiro carioca Danadão, de modelo HPE30: “Já corri a SIVI algumas vezes. Inclusive em tripulações femininas antes. Minha função tradicional é trimmer e tática. Como esse é um barco maior e teremos mais tripulantes, ainda estamos dividindo as funções”, disse.

“É muito bom poder vivenciar um pouco dos campeonatos de vela oceânica, dar uma pausa no mundo olímpico. Velejar em tripulações maiores, barcos diferentes e nesse caso com grandes amigas. O lugar por si só é incrível e o clima de celebração da SIVI compensa até para o inverno paulista”, revela Nicolino.

Nicolino destacou sua amizade com Martine: “Conheço a Martine de uma vida inteira. Velejamos juntas desde o Optimist (classe de entrada na Vela). Sempre tivemos ótimas experiências correndo em Ilhabela. Corri algumas vezes de J24, outras de HPE25 e uma vez de HPE30 também”.

Tripulação feminina a bordo do veleiro Danadão

O Danadão terá ao todo oito tripulantes (Gabriela Kidd, Amanda Rodrigues, Luciana Kopschitz, Isadora Del Ri, Raquel Hora e Ana Carolina Roth). O barco vai competir com outros fortes veleiros na classe ORC como o Crioula 52, um TP-52, que terá Albrecht como tático, e o Phoenix, onde Marco Grael, irmão de Martine e também filho de Torben Grael, estará na disputa.

Marco também participou da última Olimpíada em Tóquio. No mesmo Phoenix irá o catarinense André Fonseca, o Bochecha, com participações em três Olimpíadas e também na The Ocean Race, a regata de Volta ao Mundo.

O barco Danadão não será o único totalmente feminino. O Rudá 1, que disputará a classe BRA-RGS, foi o primeiro inscrito e terá Daniela Sanchez no comando em veleiro com a mãe de Martine, Andrea Grael. Na classe ORC, o veleiro Minna terá homens, mas será comandado por uma mulher, Elisa Mirow.

Mais de 100 barcos inscritos na competição

As inscrições seguem abertas para as classes ORC, BRA-RGS, C-30, HPE-25, Clássicos, Bico de Proa, Mini e Multicasco, e podem ser realizadas no site.  Já são 105 barcos inscritos.  A programação da competição também consta no site do evento.

Ao todo estão representados barcos de sete estados brasileiros (SP, RJ, SC, RS, PE, BA e ES) de quinze cidades e 43 clubes de Vela do Brasil.  Além disso, sete barcos argentinos já estão inscritos.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Teste Solara 380 Bowrider: lancha encanta com amplos espaços e boa navegabilidade

    Muito agradável para uso externo, a nova embarcação tem aberturas laterais na popa, solário triplo e cockpit espaçoso

    Novo jet elétrico do Batman traz ficção à vida real em embarcação de luxo limitada

    Batizado de Maverick GT Stormy Knight, 27 unidades do jet serão comercializadas pela própria Wayne Enterprises

    Na Espanha, praia de areia preta já abrigou espiões da Guerra Fria e hoje é point de turistas

    Playa de Puerto Naos contrasta escuridão da areia com azul do mar e simpáticos prédios coloridos, além de ostentar o selo Bandeira Azul

    Dupla brasileira disputará volta ao mundo de veleiro na Globe 40

    Desafio chega à segunda edição como o mais forte em duplas dentro da modalidade

    Na popa de superiate, Bugatti atrai olhares durante GP Mônaco de Fórmula 1

    Pelo 2º ano, influenciador içou carro de luxo para dentro de embarcação -- dessa vez, uma 170 pés