Vida a bordo: britânica mostra como um narrowboat é sua casa flutuante nos canais de Londres

Michaela Cordes faz sucesso no TikTok compartilhando seu lifestyle nômade a bordo da embarcação estreita

07/11/2023
Foto: Instagram @michaela_cordes / Reprodução

Michaela Cordes tem feito sucesso em seu TikTok mostrando como é levar a vida a bordo de um narrowboat — sua casa flutuante. A britânica vive na embarcação ao lado de seu marido, Marlon Cordes, e sua cachorrinha, Mabli, navegando pelos canais de Londres enquanto compartilha com o público seu lifesyle nômade.

As vias fluviais britânicas foram essenciais durante a Revolução Industrial do Reino Unido, quando as estradas estavam apenas começando a existir. Hoje, esse sistema é mais utilizado como forma de lazer pelos londrinos. Michaela, no entanto, foi além, e faz dos canais o quintal de sua casa.

Foto: Instagram @michaela_cordes / Reprodução

Com paisagens mudando quase que diariamente, ela, seu marido e Mabli vivem na embarcação Swan Goddess (Deusa Cisne, em português), há mais de dois anos. Os dois são artesãos, e o ateliê para suas obras pode ser no barco ou onde quer que a embarcação ancore.

Foto: Instagram @michaela_cordes / Reprodução

Entre dias frios, ensolarados ou chuvosos, Michaela não esconde que tem grande afeição pela natureza, assim como também mostra que nem tudo a bordo é um mar de rosas. Com tanto tempo navegando por aí, sem lugar fixo, algumas dificuldades podem surgir.

Foto: Instagram @michaela_cordes / Reprodução

Uma delas, compartilhada pela britânica, diz respeito às correspondências do casal. Segundo ela, as encomendas de suprimentos dos dois são feitas com três meses de antecedência, e retiradas quando voltam para a marina.

Tenho que planejar e organizar muito bem as entregas de lã para o meu negócio e quaisquer outras compras que façamos online– diz Michaela em sua conta do TikTok


E para manobrar o barco de 60 pés nos canais estreitos? Segundo Michela, essa missão fica com Marlon, que, aparentemente, já está habituado. A britânica compartilha em sua conta que “existem alguns pontos chamados de ‘buracos sinuosos’ no canal, onde só há espaço para virar um barco estreito. Eles geralmente são marcados nos mapas e rotas dos velejadores.”

Sempre me surpreende a elegância e a rapidez com que Marlon dança com a Deusa Cisne para virá-la no canal estreito– comenta a britânica

Como é a vida a bordo da Deusa Cisne por dentro

Apesar de ser uma casa flutuante, o narrowboat de 60 pés é, por dentro, como uma casa “comum”. Ao entrar no barco, o primeiro cômodo avistado é a cozinha. Bem equipado, o local conta com armários de madeira, fogão, pia, uma série de utensílios e até máquina de lavar.

@michaela.cordes Welcome on the Swan Goddess, my floating home! #narrowboatlife #slowliving #narrowboattiktok #narrowboatliving #canalboat #narrowboats #narrowboatinterior #canalboatliving #tinyhome #smallspaces #floatinghome #offgridliving #alternativelifestyle #hometour #boattour #myhappyplace❤️ ♬ original sound – Michaela


Seguindo adiante, há uma espécie de “portal”, feito com galhos secos decorados, que marcam o fim da cozinha e o início da sala de estar. Por lá, há uma mesa também de madeira no centro, com sofás ao redor e muitos itens decorativos — casa de artesãos.

Foto: Instagram @michaela_cordes / Reprodução

Logo a seguir vem a sala de TV, que tem em frente ao aparelho um outro sofá, além de uma estante com mais decorações e o que parece ser o ateliê de Michela, com espaço para o armazenamento de seus materiais e uma lareira.

Foto: Instagram @michaela_cordes / Reprodução

Apesar do barco ser estreito como um típico narrowboat, o banheiro do casal que vem logo após o ateliê é espaçoso e tem até box. A pia conta com tampo em formato de L, valorizando ainda mais cada cantinho do espaço disponível.

Foto: Instagram @michaela_cordes / Reprodução

Seguindo em frente se chega ao quarto, com cama de casal e até uma “varanda privativa”. Todos os cômodos passam um ar de aconchego, principalmente pelas cores neutras e os itens decorativos do casal. Os ambientes, além disso, são bem iluminados, graças à luz natural que entra pelas muitas janelas do barco.

 

E aí, curtiu a ideia de, literalmente, ter uma vida a bordo?

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha

    Ventura atracará com lanchas, pontoons e jets na estreia do Brasília Boat Show

    Conhecido pela variedade de produtos, estaleiro mineiro estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto

    6 ótimos motivos para você visitar o Brasília Boat Show

    O maior evento náutico do Centro-Oeste acontecerá de 14 a 18 de agosto, no Lago Paranoá

    Homem recupera Apple Watch que estava perdido no mar do Caribe há mais de um ano

    Aparelho foi encontrado ainda funcionando graças à ferramenta de localização do dispositivo