Sistema fluvial que existiu há milhões de anos é descoberto debaixo do gelo da Antártida

Antiga paisagem teria crescido há cerca de 14 milhões de anos e é maior que a Bélgica

06/11/2023

Um antigo sistema fluvial foi encontrado preservado sob o manto das espessas camadas de gelo da Antártida. A descoberta foi realizada por um grupo de pesquisadores, que visualizaram uma grande paisagem escondida, esculpida há milhões de anos por um rio.

Vale destacar que é um tanto raro encontrar paisagens não modificadas que registrem condições de gelos passadas. Neste caso, os vales remontam a um período em que o continente ainda fazia parte da antiga Gondwana — o supercontinente que existiu há mais de 200 milhões de anos.

A descoberta da paisagem escondida foi feita através de um mapeamento de características topográficas do solo existente, que fica abaixo das camadas de gelo na Antártida Oriental.

 

Como publicado na revista científica Nature, foram utilizados radares e satélites de penetração no gelo, com o propósito de avaliar como essas plataformas alteram o relevo antártico. Stewart Jamieson, pesquisador envolvido no mapeamento topográfico, explicou que os achados mostraram que “em algum momento no passado, houve rios fluindo sobre ele, o que automaticamente deve significar que é anterior ao crescimento da camada de gelo”.

Pudemos ver que havia algo como o fantasma da paisagem sob o gelo– Stewart Jamieson, pesquisador

Esses ligeiros gradientes revelaram uma “pequena ilha de topografia”, enterrada cerca de dois quilômetros abaixo da superfície e três “blocos” de terra, separados por vales em forma de “U”, segundo Jamieson. Chama atenção o fato de sua extensão, de 32 mil quilômetros quadrados, ser maior que a Bélgica — que possui 30.688 km².

A área da paisagem escondida na Antártida foi encontrada nas bacias Aurora-Schmidt, no interior das geleiras Denman e Totten, a cerca de 350 quilômetros no interior da plataforma de gelo — e dois mil metros abaixo da gelada superfície.

Foto: Jamieson et al./ Nature Communications/ Reprodução

Com cerca de 40 quilômetros de largura, essa área consiste em três blocos escavados pelo rio, e conta com estruturas cheias de cristas e pequenos vales esculpidos — provavelmente causadas pela separação de Gondwana. Acredita-se que, antes de congelar, o lugar abrigava árvores, florestas e animais.

Como a paisagem ficou escondida na Antártida?

Os pesquisadores acreditam que a paisagem escondida na Antártida congelou rapidamente há 14 anos milhões de anos, principalmente pela boa preservação das paisagens.

Nem mesmo as oscilações de temperatura foram suficientes para recuar o gelo até a região e expor a outros fatores erosivos, como em outras regiões do continente.

Foto: Jamieson et al./ Nature Communications/ Reprodução

Segundo o estudo, o sistema fluvial teria crescido há cerca de 34 milhões de anos. Antes disso, entre 60 e 34 milhões de anos atrás, um rio teria corrido do meio do continente até a costa. Logo, num processo que levou aproximadamente 14 milhões de “primaveras”, a paisagem foi coberta.

 

Mesmo que ainda estável, a paisagem escondida por milhões de anos na Antártida pode não durar muito, por conta das mudanças climáticas que têm levado ao derretimento do gelo antártico. No entanto, cientistas ainda esperam voltar à região para mais pesquisas.

Agora, o próximo passo será entender a biodiversidade existente na região antes do continente congelar. Depois de encontrar uma grande paisagem escondida há tanto tempo, os cientistas supõem que existam outras semelhantes — ainda não descobertas.

 

Por Áleff Willian, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Poluição sonora no mar pode ser catastrófica para as baleias

    Barulhos provenientes da navegação de barcos, extração de recursos e outras atividades marítimas afetam a circulação dos animais que se comunicação pelo som

    Confira a melhor forma de chegar ao Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transfer todos os dias e estacionamento 24h; saiba mais

    NÁUTICA Talks: Izabel Pimentel e Marcelo Osanai contam acontecimentos inesperados na navegação

    Dois navegadores que já passaram por apuros em alto-mar relatam suas incríveis histórias no Rio Boat Show 2024

    Yamaha vai ao Rio Boat Show 2024 com cinco motores e dois jets

    Entre os equipamentos, estão cinco modelos de popa; evento acontece de 28 de abril a 5 de maio

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina