1º iate da Four Seasons Yachts tem 95 suítes e viagem inaugural marcada para 2025

Primeira embarcação da rede hoteleira de luxo tem suíte de quase 900 metros quadrados

29/10/2023
Foto: Instagram @fourseasons / Divulgação

Viajar pelas águas do Caribe e do Mar Mediterrâneo a bordo de um iate de luxuoso já seria uma ótima pedida. Mas e como seria conhecer esses destinos e depois descansar no spa de uma suíte de 898 m²? Algum sortudo vai viver esse sonho na viagem inaugural do primeiro iate da rede hoteleira de luxo Four Seasons, o Four Seasons Yacht.

A viagem inaugural do barco será em 2025, passando por 33 países e 137 destinos, como as Rivieras Francesa e Italiana, a costa do Adriático e as Ilhas Gregas. Os hóspedes da embarcação ficarão distribuídos nas 95 suítes do barco para aproveitar a temporada inaugural de 2025/2026, que marca o início de itinerários oferecidos durante o inverno e a primavera no Caribe.

Foto: Instagram @fourseasons / Divulgação

A viagem média do Four Seasons Yacht será de sete dias — com opções de roteiros de 21 dias. Damien O Connor foi nomeado como vice-presidente sênior de Operações de lates, e irá gerenciar as operações hoteleiras e excursões terrestres, junto a uma equipe que vai garantir experiências personalizadas, selecionadas com o serviço da marca.

Conheça o Four Seasons Yacht

Visando proporcionar aos hóspedes uma experiência de aproximação com o mar e a natureza, as 95 suítes da embarcação da Four Seasons dispõem de terraços que variam de 9,3 m² na suíte deluxe a quase 457 m² na “Funnel Suite”, a maior do iate.

Foto: Instagram @fourseasons / Divulgação

A Funnel Suite, a propósito, terá nada menos que quatro andares, com mais de 898 metros quadrados de espaço. O lugar dispõe de uma piscina infantil e um spa privativo, além de oferecer a possibilidade de ser conectada vertical e horizontalmente. Janelas de vidro do chão ao teto oferecem vistas panorâmicas em 280 graus.

Foto: Instagram @fourseasons / Divulgação

Para os que gostam de praticar esportes aquáticos, portos exclusivos para iates de propriedade particular, como o da Four Seasons, vão garantir atividades como vela, mergulho com snorkel e windsurf. Já para os que preferem atividades mais tranquilas, o barco conta com uma área de estar equipada com bar e ambientes ao ar livre, com vistas panorâmicas do oceano.

Foto: Instagram @fourseasons / Divulgação

No deque de popa, há ainda uma piscina de água salgada de 20 metros, projetada para ser esvaziada rapidamente, para que o piso seja elevado e convertido em uma área multifuncional para diferentes eventos.

Foto: Instagram @fourseasons / Divulgação

Além disso, limousines marítimas personalizadas para aluguel, projetadas para transporte e passeios mais longos, juntamente com um par de pequenos barcos, estarão à disposição para levar os viajantes à praia — parte da experiência da marina do iate, acessível na maioria dos portos de ancoragem.


A primeira embarcação da Four Seasons é resultado da parceria com a empresa de iates de luxo Marc-Henry Cruise Holdings e do construtor naval italiano Fincantieri, além dos empreendedores Nadim Ashi e Philip Levine.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasileira faz "dobradinha" em premiação da ONU de fotos marinhas

    A fotógrafa Andrea Marandino conquistou a 1ª e 2ª colocação em concurso mundial

    Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

    Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

    Grand Ocean Boats leva lancha de 37 pés ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro exibirá o modelo Grand Ocean 37 na segunda edição do evento náutico, que vai de 4 a 7 de julho

    De 4º maior lago do mundo a deserto: o que aconteceu com o Mar de Aral

    Má gestão de recursos naturais tornou o Mar de Aral um dos maiores desastres ambientais do mundo

    Destroços do último navio de Ernest Shackleton são encontrados no Canadá

    Quest, explorador polar de uma das figuras mais conhecidas da navegação, está no mar de Labrador, a cerca de 390 m de profundidade