O tira-teima: um comparativo entre lanchas de comando aberto, hardtop e flybridge

Por: Redação -
05/08/2021

Loucos Por Barcos chegou ao nono programa da temporada! Nesta quarta-feira, foi ao ar ao vivo um bate papo sobre “Lancha HT ou FLY: qual o melhor tipo de barco para você?” e, pensando nisso, NÁUTICA trouxe um comparativo entre as três opções de configurações nas lanchas: de comando aberto, com hardtop ou com flybridge. Confira:

tipos de lancha

Comando aberto

  • Por ser aberto, o cockpit é exposto ao sol, ao vento e à chuva;

  • O cockpit é coberto por apenas uma capota baixa;

  • O piloto fica em contato com a área social, os solários, a plataforma de popa e tem controle de todo o barco;

  • Tem apenas um posto de pilotagem;

  • A visão da navegação é ampla e desimpedida;

  • As áreas mais utilizadas ficam no mesmo convés;

  • Lanchas de comando aberto têm centro de gravidade baixo e, por isto, maior estabilidade;

  • Todos a bordo passam a maior parte do tempo no cockpit, mesmo que o barco tenha cabine;

  • Tem bastante espaço para banhos de sol;

  • O piloto tem visão de todos dos lados do barco e acessa rapidamente a popa, dispensando ajuda nas manobras de atracação.

Leia também

» Travessias de lancha: como planejar e navegar com segurança no Loucos Por Barcos desta quarta

» Especial Semana de Vela de Ilhabela 2021: assista ao Loucos Por Barcos desta quarta-feira

» Convivência na água: Loucos Por Barcos reuniu um lancheiro, um velejador e um piloto de jet

Hardtop

  • O cockpit é parcialmente aberto e pode ter um teto solar;

  • O cockpit pode ser fechado e o hardtop é mais alto que uma capota simples;

  • Assim como nas lanchas de comando aberto, o posto de pilotagem é integrado ao resto do barco;

  • Só tem um comando e, por isto, não requer duplicidade de instrumentos;

  • A visão da navegação é limitada pelas molduras do para-brisa e das janelas;

  • Aqui também as áreas mais frequentadas ficam num só convés;

  • O casco tem centro de gravidade mais baixo e tende a balançar menos que as lanchas com flybridge;

  • O cockpit é um meio-termo entre os espaçosos conveses dos modelos de comando aberto e as confortáveis salas das lanchas com flybridge;

  • Há menos espaço para banhos de sol;

  • A visão do lado de fora não é tão boa quanto nas lanchas de comando aberto ou com flybridge, mas o piloto tem acesso rápido à popa.

Flybridge

  • Lá no alto, o flybridge fica mais exposto ao vento, ao frio e à chuva;

  • O flybridge pode ser apenas parcialmente protegido por capota;

  • No fly, o piloto não tem contato nem controle dos demais ambientes a bordo;

  • Permite ter um posto de comando alto, que precisa ser equipado com instrumentos de navegação;

  • Por ser alto e aberto, o flybridge oferece visão mais ampla da navegação;

  • O flybridge requer escada de acesso, que nem sempre é segura para crianças e idosos;

  • No flybridge, a sensação de balanço é maior;

  • O flybridge aumenta o espaço útil e é um ambiente a mais para as pessoas se espalharem a bordo e com mais privacidade;

  • O flybridge também pode ser usado para banhos de sol;

  • Nas atracações, a visão do piloto não é boa à ré e, para chegar à popa, é preciso descer a escada do flybridge;

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Minas Gerais ganhará bar flutuante de vinhos na Represa do Funil

    Com o nome de Almas Gerais, iniciativa tem previsão de entrega em julho de 2024 e faz parte do milionário projeto Enovila

    Fotógrafo captura cena impressionante de jubarte atravessando raias: “muito emocionado”

    Imagens que encantaram as redes mostram baleia atravessando enorme cardume de espécie ameaçada de extinção

    Cientistas descobrem que baleias beluga podem se comunicar movimentando a cabeça; assista

    Conclusão veio com o estudo de animais em cativeiro; pesquisadores registraram 5 movimentos diferentes

    Casa de vidro sobre as águas no Texas está à venda por quase R$ 30 milhões; conheça

    Residência fica na cidade de Round Top, cujo último senso registrou população de 91 habitantes

    E-combustíveis para o setor marítimo podem gerar 4 milhões de empregos, diz pesquisa

    Estudo foi encomendado pelo Fórum Marítimo Global e indica que as vagas serão abertas até 2050