Conheça o projeto de superiate com design inspirado em carros esportivos de 1960

Além dos carros, o designer italiano Lorenzo Berselli teve iates J-Class de 1930 como inspiração

18/07/2023
Fotos: Instagram @lorenzo_berselli_studio_agon / Divulgação

Embarcações inspiradas em carros podem até não ser novidade — a exemplo dos modelos com “quatro rodas” que flutuam sobre as águas — , mas o designer italiano Lorenzo Berselli trouxe muita classe ao seu mais novo projeto ao escolher os esportivos de 1960 como inspiração para um superiate.

Ao falar em esportividade o que se imagina é um modelo de embarcação bruta, com grandes motores e muita aceleração. Mas a verdade é que o Horus, projeto de Berselli, tem um layout ultramoderno, uma vez que o italiano também se inspirou nos majestosos iates J-Class.

Os iates em questão foram uma classe lendária de veleiros de corrida (às vezes chamados de “J-boats”) construídos de acordo com as especificações da Regra Universal de Nathanael Herreshoff (um dos arquitetos navais mais famosos do final do século dezenove).

 

O Horus, por sua vez, combina duas tendências populares em iates de luxo atualmente. A conexão do interior com o exterior do barco foi bem pensada — e aproveitada — , por isso, ela existe não somente conectando algumas áreas, como de costume, mas ao redor de toda embarcação.

O superiate ainda possui um sistema de propulsão híbrido, proporcionando ao Horus a capacidade de navegar em baixa velocidade sem usar seus motores a diesel mas, quando utilizados, podem atingir velocidades médias e garantir uma autonomia de 5.000 milhas náuticas (9.260 km) a 12 nós (13,8 mph/22 km/h).


O layout do superiate foge do convencional e traz um andar superior dedicado à cabine do proprietário, com uma cobertura de mais de 100 metros equipada com jacuzzi, um escritório, varandas laterais e uma janela traseira com vista panorâmica.

Outras seis cabines estão no convés principal (quatro delas VIP), todas equipadas com janelas do chão ao teto, com persianas que alteram a aparência de todo o baluarte.

 

Uma área multifuncional proporciona aos passageiros do Horus refeições ao ar livre ou reuniões ao redor da fogueira no sofá circular. A área de popa do convés lembra um jardim de inverno, com vários espaços de descanso e jantar.

Uma das grandes atrações do barco é a piscina, que fica pertinho do nível da água. Um sistema de toldo deslizante discreto é capaz de cobrir toda a área do beach club para fornecer proteção sem fechar a conexão com o exterior.

 

Por enquanto, o Horus é um conceito de superiate, que deve ganhar vida em breve e chamar atenção também no mundo real.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Poluição sonora no mar pode ser catastrófica para as baleias

    Barulhos provenientes da navegação de barcos, extração de recursos e outras atividades marítimas afetam a circulação dos animais que se comunicação pelo som

    Confira a melhor forma de chegar ao Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transfer todos os dias e estacionamento 24h; saiba mais

    NÁUTICA Talks: Izabel Pimentel e Marcelo Osanai contam acontecimentos inesperados na navegação

    Dois navegadores que já passaram por apuros em alto-mar relatam suas incríveis histórias no Rio Boat Show 2024

    Yamaha vai ao Rio Boat Show 2024 com cinco motores e dois jets

    Entre os equipamentos, estão cinco modelos de popa; evento acontece de 28 de abril a 5 de maio

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina