Sem combustível, catamarã de 90 pés depende apenas de fontes sustentáveis ​​de energia

O Alva Ocean Eco 90 H2 foi pensado para ser o caminho rumo a uma indústria de iates mais ecológica

06/06/2023
Fotos: Divulgação

A indústria naval têm buscado adaptações em embarcações para um futuro mais sustentável. É o caso do estaleiro Alva Yachts, que desenvolveu o Alva Ocean Eco 90 H2, um catamarã ecológico de 90 pés sem combustível, que dependerá exclusivamente de fontes sustentáveis ​​de energia para funcionar.

Fundada apenas em 2020 por Mathias May e Holger Henn, a Alva Yachts é uma empresa que se mostra preocupada com o amanhã. Por isso, o novo catamarã visa mostrar ao mundo o potencial de um iate sustentável e com emissão zero, para atrair olhares à eco-inovação.

O Ocean Eco 90 H2 foi desenvolvido como um catamarã ecológico totalmente elétrico, alimentado por células de combustível de hidrogênio, com acionamento elétrico e sistema de propulsão eólica Oceanwings, da Ayro.

 

Além disso, a embarcação será equipada com dois motores elétricos conectados a uma bateria de mais de 500 kWh, alimentada por 200 metros quadrados de painéis solares. Para recarregar a bateria, a embarcação contará com um extensor de alcance de célula a combustível de hidrogênio.

Já o sistema de propulsão eólica vai utilizar velas alares equipadas com sensores de vento, que vão analisar os dados e assim ajudar a ajustar o ângulo de ataque e a curvatura para otimizar o desempenho do Ocean Eco 90 H2.

O design do catamarã ecológico Ocean Eco 90 H2

O catamarã sustentável terá conceito aberto em todo o flybridge, estação de comando e sky lounge. Os hóspedes poderão desfrutar de um bar de coquetéis e uma jacuzzi no deck superior.

 

No convés de popa, haverá um grande beach club, plataformas de banho duplas com fácil acesso à água e muito espaço para relaxar, já que a embarcação contará com uma boca de 46 pés.

Já no interior, o Ocean Eco 90 H2 terá suíte master com escritório privativo, duas suítes duplas e uma cabine dupla. Serão dois quartos individuais adicionais localizados no casco de bombordo, ideais para acomodar os membros da tripulação.


Além de um meio sustentável de viajar na água, o barco vai garantir comodidades luxuosas e uma experiência de navegação estável, sendo considerado pela Alva Yachts um marco na jornada em direção a uma indústria de iates mais ecológica.

O Ocean Eco 92 H2 tem previsão para ser entregue no final de 2024, e seu proprietário planeja usá-lo para eventos privados e corporativos, mas também para fretamento.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Vila flutuante nas Maldivas promete ser o mais novo "point" dos milionários

    Projeto da rede de hotéis de luxo Soneva traz uma série de comodidades luxuosas com diárias a partir de R$ 25,6 mil

    São Paulo inaugura estruturas náuticas de uso público para alavancar turismo

    Municípios de Pereira Barreto, Três Fronteiras e Rubinéia deram início à primeira fase do Programa de Turismo Náutico

    Nada de bingo! Aos 81 anos, velejadora aposentada bate recordes navegando sozinha

    Mesmo aposentada, Jeanne Socrates já realizou voltas ao mundo num veleiro, e totalmente solitária

    Solara Boat House fará sua estreia nas águas durante o Rio Boat Show 2024

    Estaleiro terá ainda 3 lançamentos e outros 6 barcos no evento que acontece de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória

    Festa no mar: Tailândia tem mega balada flutuante em catamarã

    Com dois andares e capacidade para 500 pessoas, beach club leva agito a cenário paradisíaco