Tubarão com dentes semelhantes aos de humanos é descoberto na Austrália

Característica permite a espécie -- que vive em profundidades de 125 a 229 metros -- se alimente de crustáceos e moluscos

13/08/2023
Foto: White, W.T., et al Diversity (2023), (CC BY 4.0) / Reprodução

Sempre retratados como os leões dos mares, os tubarões geram medo, principalmente, por conta de seus dentes enormes e pontiagudos. Porém, uma nova espécie descoberta na Austrália traz uma espécie de tubarão com dentes parecidos aos de humanos — menos aterrorizantes, mas mais curiosos.

Uma pesquisa publicada na revista Diversity mostra a descoberta feita por pesquisadores nas profundezas das águas da costa nordeste da Austrália. Trata-se do tubarão-chifre-pintado (Heterodontus marshallae), espécie recém-descrita que pertence à ordem Heterodontiformes.

Foto: White, W.T., et al Diversity (2023), (CC BY 4.0) / Divulgação

Nessa ordem, os animais — que possuem apenas um gênero e nove espécies diferentes — são caracterizados por seus molares, semelhantes aos dos humanos.

 

Durante a pesquisa, contudo, foi realizada uma análise genética em uma das espécies, que os pesquisadores acreditavam ser a zebra Heterodontus. Segundo informações da IFLScience, o estudo mostrou que o animal era geneticamente diferente, elevando o número de espécies de nove para dez.

 

A nova espécie possui uma pequena diferença, pouco perceptível das outras: ela não possui uma barra escura atrás das fendas das brânquias, como as outras zebra Heterodontus. Isso explica o motivo pelo qual a variação demorou para ser descoberta.

Ambas as espécies são pálidas, com 22 faixas e selas castanho-escuras. Mas eles têm pequenas diferenças nas marcas em seus focinhos e abaixo de suas fendas branquiais. Seus ovos também são diferentes. — Dr. Will White, pesquisador da Australian National Fish Collection (ANFC)

Num primeiro momento, a nova espécie foi descrita utilizando uma comparação de espécimes de museus, o que mudou após um navio de pesquisa que estudava habitats no fundo do mar da Austrália encontrar um espécime vivo da nova espécie.


Temos um espécime fêmea em nossa coleção, mas o que coletamos durante a viagem é um macho. Preferimos usar machos para holótipos de tubarão porque eles têm claspers, que são órgãos reprodutivos externos que podem variar entre as espécies e nos ajudam a diferenciá-los. — Helen O’Neill, bióloga de peixes da ANFC

A nova espécie de tubarão

O tubarão com dentes parecidos aos de humanos vive em profundidades de 125 a 229 metros. Eles ainda possuem os típicos dentes de tubarão, em fileiras, na frente de suas bocas. Contudo, a espécie possui uma morfologia mais humana, de molares atrás das fileiras. É essa adaptação que permite que os tubarões esmaguem presas como crustáceos e moluscos.

 

Esses tubarões produzem ovos incomuns, em forma de espiral, e são uma das espécies mais antigas e menos conhecidas do planeta. Descobertos pela primeira vez na Austrália no século 18, apenas nove espécies pertenciam a ordem Heterodontiformes, até a descoberta do Heterodontus marshallae, que permaneceu “escondido” por ter sido confundido com outra, já conhecida pela ciência.

 

“Eles tendem a se sentar no fundo do mar e se alimentar principalmente de criaturas como moluscos e crustáceos. Eles têm uma boca pequena, mas mandíbulas esmagadoras que são enormes em relação ao tamanho do crânio e poderosas o suficiente para esmagar conchas de búzios”, concluiu Helen.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Poluição sonora no mar pode ser catastrófica para as baleias

    Barulhos provenientes da navegação de barcos, extração de recursos e outras atividades marítimas afetam a circulação dos animais que se comunicação pelo som

    Confira a melhor forma de chegar ao Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transfer todos os dias e estacionamento 24h; saiba mais

    NÁUTICA Talks: Izabel Pimentel e Marcelo Osanai contam acontecimentos inesperados na navegação

    Dois navegadores que já passaram por apuros em alto-mar relatam suas incríveis histórias no Rio Boat Show 2024

    Yamaha vai ao Rio Boat Show 2024 com cinco motores e dois jets

    Entre os equipamentos, estão cinco modelos de popa; evento acontece de 28 de abril a 5 de maio

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2019

    Evento chegou a sua última edição antes da pandemia consolidado como o mais importante salão náutico outdoor da América Latina