Cresce número de visitas ao submarino da Marinha ancorado no Rio de Janeiro

Depois de acidente com submersível Titan, turistas buscam entender como funciona a parte interna de um submarino

29/06/2023
Fotos: Submarino S40 Riachuelo / Marinha do Brasil / Divulgação

Após o acidente envolvendo o submersível Titan — que estava a caminho dos destroços do Titanic quando implodiu — , subiu o número de visitas ao submarino Riachuelo, no Rio de Janeiro. Presente no Espaço Cultural da Marinha, na Praça XV, no Centro do Rio, a embarcação é uma das principais atrações do Museu da Marinha e tem atraído olhares curiosos.

De acordo com os números obtidos pelo jornal Extra, somente no sábado (24/06), cerca de 637 pessoas fizeram uma visita ao submarino da Marinha. Este número representa um aumento de 5% em comparação com o dia 3 de junho, quando 604 visitantes viram de perto os detalhes da embarcação.

Apesar da alta procura após o ocorrido com o submarino Titan, o número ainda é um pouco menor do que quando comparado ao dia 17 deste mês. Na ocasião, os turistas também puderam conferir de perto outra grande atração: o veleiro Cisne Branco.


Conheça mais sobre o submarino Riachuelo

Construído em 1973, na Inglaterra, o submarino Riachuelo foi incorporado na frota brasileira em 1977. As operações da embarcação seguiram até 1997, quando ele se tornou um museu aberto à visitação pública.

 

Na parte interna, os visitantes podem ver de perto o camarote do comandante, a cozinha completa, bonecos que representam a tripulação e até as armas usadas na época em que o modelo funcionava.

As visitas ao submarino da Marinha podem ser feitas de terça a domingo. Nas terças-feiras a entrada é gratuita, enquanto nos demais dias o ingresso custa R$ 20 e a meia R$ 10. O submarino Riachuelo se encontra no Espaço Cultural da Marinha, no Boulevard Olímpico.

 

Por Felipe Yamauchi, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha

    Ventura atracará com lanchas, pontoons e jets na estreia do Brasília Boat Show

    Conhecido pela variedade de produtos, estaleiro mineiro estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto

    6 ótimos motivos para você visitar o Brasília Boat Show

    O maior evento náutico do Centro-Oeste acontecerá de 14 a 18 de agosto, no Lago Paranoá

    Homem recupera Apple Watch que estava perdido no mar do Caribe há mais de um ano

    Aparelho foi encontrado ainda funcionando graças à ferramenta de localização do dispositivo