Navio-Veleiro Cisne Branco estará aberto para visitação no Porto de Santos

População poderá visitar embarcação neste domingo e contribuir para instituições beneficentes da Baixada Santista

26/05/2023
Fotos: Marinha do Brasil / Divulgação

O Navio-Veleiro Cisne Branco, ícone da Marinha do Brasil, vai receber visitas do público neste domingo (28), em Santos. A embarcação chegou à cidade nesta sexta-feira (26) e permanecerá atracada no Cais da Marinha até o dia 2 de junho.

A visitação gratuita ao Cisne Branco acontecerá apenas no domingo, das 8h às 16h30. A Marinha sugere a doação de fraldas descartáveis (geriátricas e infantis) e alimentos não perecíveis, que será encaminhada a instituições beneficentes da Baixada Santista.


 

A parada no litoral sul paulista visa oferecer aos moradores de Santos e região a oportunidade de conhecer de perto o tradicional navio, além de buscar estimular a importância da mentalidade marítima e a preservação das tradições navais na população.

Conhecido como o navio que foi construído para celebrar os 500 anos do nosso país, o Cisne Branco percorreu a “Rota do Descobrimento”, de Portugal ao Brasil.

Construído pelo estaleiro Damen Oranjewerf, em Amsterdã, na Holanda, o Cisne Branco teve sua quilha batida em 9 de novembro de 1998, sendo batizado e lançado ao mar em 4 de agosto de 1999 e entregue em 4 de fevereiro de 2000.

 

Além disso, a embarcação também representa o país em eventos nacionais e internacionais e é empregado no treinamento dos militares.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Tags

    Relacionadas

    Brasileira faz "dobradinha" em premiação da ONU de fotos marinhas

    A fotógrafa Andrea Marandino conquistou a 1ª e 2ª colocação em concurso mundial

    Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

    Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

    Grand Ocean Boats leva lancha de 37 pés ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro exibirá o modelo Grand Ocean 37 na segunda edição do evento náutico, que vai de 4 a 7 de julho

    De 4º maior lago do mundo a deserto: o que aconteceu com o Mar de Aral

    Má gestão de recursos naturais tornou o Mar de Aral um dos maiores desastres ambientais do mundo

    Destroços do último navio de Ernest Shackleton são encontrados no Canadá

    Quest, explorador polar de uma das figuras mais conhecidas da navegação, está no mar de Labrador, a cerca de 390 m de profundidade