Ilha paradisíaca da Flórida tem horário de visita e não recebe carros

Avessa à badalação, ilha de Pigeon Key, nas Flórida Keys, fica aberta apenas das 9h às 16h

29/08/2023
Fotos: Instagram @pigeonkey / Reprodução

As ilhas no sul da Flórida são conhecias pela badalação dos bares, cafés e até mesmo dos iates, sempre presentes nas águas cristalinas do sudeste dos Estados Unidos. Mas um local em especial foge desse padrão e tem até horário de funcionamento: a ilha de Pigeon Key, localizada no arquipélogo de Florida Keys.

Aberta por apenas 7h ao dia (das 9h às 16h), a pequena ilha — uma das menores do arquipélago, com apenas dois hectares de área — não tem acesso via carro.

 

Para chegar até o local é necessário se planejar, uma vez que o caminho é feito a pé, de bicicleta ou através de um bonde, que percorre a distância somente quatro vezes por dia.

Visitar a ilha também não é de graça e os ingressos custam a partir de US$ 25 (aproximadamente R$ 120, em valores convertidos em agosto de 2023), incluindo a passagem de bondinho.

 

Mas toda organização e os custos prometem valer a pena, uma vez que, apesar de pequena, a ilha de Pigeon Key é repleta de história e belezas naturais.

Falando das belezas, os visitantes do local têm a chance de fazer mergulhos, passeios de bicicleta, observação e até alimentar tubarões e outros animais neste cenário paradisíaco. Famílias aproveitam o local para fazer piquenique com vista para o mar.

 

Pescadores também são bem-vindos à ilha de Pigeon Key. O local é ainda um ótimo ponto de observação de aves. Isso porque a ilha é ponto de parada durante a migração de diversas espécies, além de abrigar sua própria fauna.

Coloque na lista do tour pela ilha de Pigeon Key caminhadas por áreas com construções históricas e a visita ao museu local, que reúne objetos, retratos e histórias sobre o passado da ilha. As visitas são gerenciadas principalmente pela Pigeon Key Foundation.


Pigeon Key passou a ter importância no início do século 20. Entre 1908 e 1912, cerca de 400 trabalhadores foram ali alocados para participar de um dos projetos de engenharia mais significativos da história norte-americana.

 

A obra em questão é a Seven Mile Bridge, uma ponte — originalmente construída para a passagem de uma ferrovia — que cruza o mar para ligar o sul de Miami a Key West.

 

Antes do projeto, as ilhas conhecidas como Florida Keys não estavam ligadas ao continente ou entre si. Dessa forma, pessoas, mercadorias e cargas eram transportadas apenas por embarcações.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Vokan apresenta serviço de seguros náuticos no Marina Itajaí Boat Show 2024

    A corretora estará presente no evento, que acontece entre 4 e 7 de julho, em Santa Catarina

    Estofados náuticos da Agroquímica estarão no Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estande terá opções da marca Kelson's para todos os gostos no salão que acontece de 4 a 7 de julho

    Yachtmax leva Ferretti 720 ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Representante da Ferretti e Okean no Brasil estará com dois barcos no evento náutico, de 4 a 7 de julho

    Gravidez misteriosa de arraia que convivia só com tubarões foi solucionada

    Charlotte apareceu grávida em fevereiro em aquário nos EUA, mas não dividia o recinto com arraia macho

    Yamaha terá jets e motores no Marina Itajaí Boat Show 2024; confira modelos

    Quatro WaveRunners e motores de popa vão compor o estande da marca no salão, que acontece de 4 a 7 de julho