Lewis Hamilton freta o superiate Octopus para conhecer a Antárctica

Piloto publicou em suas redes sociais fotos em uma das regiões mais geladas do mundo

10/01/2023
Fotos: Divulgação

Para comemorar o Ano Novo em grande estilo, o heptacampeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton fretou o superiate Octopus e fez uma viagem até a região da Antárctica.

 

A embarcação, que já foi um dos maiores iates privados do mundo e pertenceu ao cofundador da Microsoft Paul Allen, é preparada para navegar nessas regiões mais remotas do mundo.

Antes de seguir para o continente gelado, o Octopus esteve no Brasil e fez uma parada no Rio de Janeiro, no final de novembro de 2022.

 

Todos os cômodos do superiate seguem um alto padrão de qualidade e de sofisticação.

 

 

Fã de barcos, Lewis Hamilton também possui um luxuoso iate: um Sunseeker 90.

 

Junto ao piloto nessa viagem estão alguns amigos, como o medalhista olímpico de snowboard Shaun White, a atriz Nina Dobrev e o ator Jared Leto. A modelo brasileira Juliana Nalu — apontada como atual affair de Hamilton — também estaria entre os passageiros, segundo rumores nas redes sociais.

 

Vale lembrar que o Octopus foi vendido em 2021 e, desde o começo de 2022, ele está disponível para fretamento.

 

 

O roteiro de viagem tem pontos turísticos como o Estreito de Gerlache, Ilha Deception, Canal Lemaire, entre outros.

 

Para o público que quiser fretar a embarcação por uma semana deverá pagar cerca de 2,2 milhões de euros semanais (aproximadamente R$ 12,4 milhões, valores consultados em janeiro de 2023).

Com capacidade para 12 convidados, o Octopus possui 13 suítes. Outras comodidades oferecidas pelo modelo são: jacuzzi, piscina, cinema, estúdio de gravação e até dois helipontos. Há também espaço para abrigar motos aquáticas e até um submarino.

Com mais de 400 pés de comprimento, o estaleiro alemão Lurssen entregou a embarcação em 2003.

 

Graças às inovações instaladas na embarcação, ela já foi emprestada para alguns governos, com o intuito de recuperar os artefatos perdidos da Segunda Guerra Mundial em todo o oceano.

 

Por Felipe Yamauchi, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Tags

    Relacionadas

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta

    Conheça o Volitan, barco voador que está próximo de se tornar realidade na Amazônia

    Criado pela startup AeroRiver, embarcação deve chegar para o transporte de cargas e pessoas na região em 2026

    Conheça a história do "Titanic dos Alpes", navio a vapor que será resgatado 90 anos após naufragar

    Embarcação foi afundada propositalmente em 1933, no Lago Constança, na Europa

    Casal constrói casa flutuante e revela prós e contras de morar em lago

    Dupla americana economizou nos custos da construção por ficar responsável pela maior parte do trabalho