Prefeito de Três Fronteiras anuncia a criação da Rota do Peixe no Noroeste de São Paulo

Após investimentos em infraestrutura náutica, número de barcos na região quase dobrou

04/10/2023

Entre as iniciativas para estimular o crescimento do turismo náutico — tema do 8º Congresso Internacional Náutica, realizado paralelamente ao São Paulo Boat Show 2023 — o prefeito de Três Fronteiras, Rubens José Belão, destacou a criação da “Rota do Peixe”, que passa pela Região Turística Entre Rios, no Noroeste de São Paulo.

São 13 cidades (incluindo Aparecida do Tabuado, já no estado de Mato Grosso do Sul), nove delas banhadas por rios: Mesópolis, Santa Albertina, Santa Fé do Sul, Palmeira D’Oeste, Santa Rita D’Oeste, Santa Clara D’Oeste, Rubinéia, Nova Canaã Paulista e, naturalmente, Três Fronteiras — cidade que recebeu esse nome por fazer divisa com os Estados de Mato Grosso e Minas Gerais, às margens do rio Paraná.

 

Para o turista que aprecia navegar em meio à natureza, com muita fauna e flora em volta, e esticar a linha para a pesca, este é o destino certo. O lugar contra com uma estrutura náutica pequena, mas crescente, com marinas, garagens náuticas, píeres e deques de embarque e desembarque.

Três Fronteiras, segundo Rubens José, conta com a maior área de lazer do chamado “Grandes Lagos” (assim mesmo, no plural), formado às margens do marco zero do Rio Paraná, após a confluência entre os rios Paranaíba e Rio Grande, bem na divisa com os estados de Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

 

“Estamos falando de um lugar de rara beleza, e com uma das maiores bacias hidrográficas do centro-sul do país. São 300 quilômetros de orla fluvial. Um verdadeiro paraíso da pesca e do lazer, com um potencial enorme para atrair empreendimentos como condomínios, clubes, praias públicas e resorts”, destaca o prefeito.

Como gestores públicos, nossa tarefa é dar o impulso, com a entrega da infraestrutura, para atrair o investimento privado e fazer do turismo náutico algo ainda mais eficaz do que já é – Rubens José Belão, prefeito de Três Fronteiras

Rubens José ainda ressalta que, com apoio do governo de São Paulo, foram investidos cerca de R$ 18 milhões na construção de 13 estruturas náuticas, como píeres, passarelas e rampas públicas.


“Como reflexo desse investimento, em três anos, praticamente o dobramos o número de embarcações cadastradas na região, saltando de 500 barcos, em 2020, para 900, em 2023”.

 

Outra iniciativa com potencial para atrair turistas à região, destaca o prefeito de Entre Rios, é o projeto Orla do Sol, que está ganhando forma em Santa Fé do Sul.

A proposta é a construção de Parque Aquático e um complexo hoteleiro, que seria um divisor de águas na história do turismo da cidade e da região.

 

Para os aficionados pela pescaria, o peixe típico da região é o tucunaré, farto para a pesca esportiva. Em Santa Fé do Sul existe até um monumento dedicado a ele.

 

Além disso, a região é rica em espécies como piau, traíra, pacu, corvina, tilápia, barbado, curimbatá, mandi serrote, peixe-cachorro amarelo e branco. Tá nervoso? Vai pescar em Três Fronteiras!

Confira os temas do 8º Congresso Internacional Náutica

Eduardo Bekin: Case Porto Barão de Tefé, Antonina/PR

Roberto de Lucena: Desenvolvendo o Turismo Náutico no Estado de SP

Aguilar Junior: Novo molhe de Caraguatatuba

Carlos Henrique Sobral: Turismo Náutico Brasileiro

Alessandro Miranda: Turismo Náutico Águas Interiores

Vinicius Lummertz: Turismo das Águas

Adriano Silva: Turismo Náutico em Joinville

Silvia Fernandes: Case da Marina VillaReal

Rubens José Belão: Turismo Náutico no Interior Paulista

Paulo Fax: Hidrovia Tietê Paraná 2023

Noeli Thomé: Píer Turístico de Itapema

Michele Castilho: Bandeira Azul nas Marinas e Praias

Pedro Bório: Visão Internacional: Eventos em Turismo Náutico

Jamille Consulin: Legislação Ambiental

 

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Professor larga tudo para dar volta ao mundo em veleiro de 8 metros

    Pelas redes sociais, Luke Hartley compartilha suas aventuras a bordo de uma 27 pés de 1976

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha

    Ventura atracará com lanchas, pontoons e jets na estreia do Brasília Boat Show

    Conhecido pela variedade de produtos, estaleiro mineiro estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto

    6 ótimos motivos para você visitar o Brasília Boat Show

    O maior evento náutico do Centro-Oeste acontecerá de 14 a 18 de agosto, no Lago Paranoá