Designers lançam sofá flutuante para quando o nível do mar subir

Projeto da agência Mother faz crítica ao aquecimento global e seus efeitos na mudança climática

25/05/2023
Fotos: Divulgação

Poderia um mero sofá ser polêmico? Criação da agência Mother, um sofá flutuante estaria preparado para o futuro do planeta, já que teria a habilidade de lidar com o aumento dos níveis do oceano, ao mesmo tempo em que acompanha um kit de sobrevivência — com drink incluído.

A peça, que leva o nome de Bliss (“bênção”, em tradução livre), é na verdade uma crítica ao aumento dos níveis do mar em decorrência das mudanças climáticas no mundo.

 

O móvel foi apresentado durante o festival NYCxDesign ‘23, que acontece até esta quinta-feira (25) em uma galeria de arte e design na cidade de Nova York, nos Estados Unidos.

Como funciona o sofá flutuante Bliss

Quando a água atinge a marca crítica no indicador do nível do mar do Bliss, o móvel deixa de ser um sofá atraente e passa a funcionar como um bote de segurança.

 

Feito à mão, o sofá é um item de segurança completo: acompanha remo, sinalizador de foguete e estroboscópio de emergência. Além disso, há um manual do usuário, protetor solar e, para completar a sátira, um kit de mixologia de martíni completo — inclusive com azeitonas.

Levando em consideração a sustentabilidade como parte do processo de fabricação, a estrutura do sofá Bliss foi construída com pinho recuperado de 200 anos, tecidos Sunbrella resistentes à água e projetados para alta durabilidade e uso em várias ocasiões.

Entenda como surgiu o sofá flutuante

Com as mudanças climáticas causando o derretimento das calotas polares da Terra, e colocando os humanos em perigo, a Mother resolveu chamar atenção com uma crítica em forma de sátira.

O time da agência resolveu então, ao invés de entrar em pânico, “sentar, relaxar e continuar sem fazer nada” no sofá flutuante Bliss. Isso porque o móvel foi projetado para boiar quando o nível do mar subir.


Apesar de toda a ironia, a obra de arte da marca pretende evidenciar os problemas causados pelas mudanças climáticas e mostrar o desequilíbrio — que já existe — em tempos de catástrofe, entre os que têm dinheiro e os que não têm.

Saiba quanto o sofá flutuante vai custar

Provocativa, a obra de arte está de fato à venda. E, para contribuir de forma efetiva para a causa, parte da renda obtida será destinada para a ACNUR, a agência da ONU para refugiados. Dessa forma, o Bliss vai beneficiar pessoas deslocadas no contexto das mudanças climáticas.

 

O preço do sofá flutuante é de US$ 100 mil — ou pouco mais de R$ 500 mil (valores convertidos em maio de 2023).

 

Segundo a própria marca explica em seu site, a Mother é uma “instituição criativa e multidisciplinar que busca melhorar o mundo, mesmo que apenas de maneiras tolas e marginais”. O site oficial da Mother tem mais detalhes sobre o Bliss. E a página da ACNUR explica o trabalho da instituição.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasileira faz "dobradinha" em premiação da ONU de fotos marinhas

    A fotógrafa Andrea Marandino conquistou a 1ª e 2ª colocação em concurso mundial

    Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

    Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

    Grand Ocean Boats leva lancha de 37 pés ao Marina Itajaí Boat Show 2024

    Estaleiro exibirá o modelo Grand Ocean 37 na segunda edição do evento náutico, que vai de 4 a 7 de julho

    De 4º maior lago do mundo a deserto: o que aconteceu com o Mar de Aral

    Má gestão de recursos naturais tornou o Mar de Aral um dos maiores desastres ambientais do mundo

    Destroços do último navio de Ernest Shackleton são encontrados no Canadá

    Quest, explorador polar de uma das figuras mais conhecidas da navegação, está no mar de Labrador, a cerca de 390 m de profundidade