Quase 200 metros! Estaleiro holandês está construindo o veleiro mais alto do mundo

Embarcação da Royal Huisman vai medir quatro vezes mais que o Cristo Redentor, mas ainda não tem data para estrear

09/05/2024
Foto: Royal Huisman/ Divulgação

Já pensou como seria um veleiro quatro vezes maior que o Cristo Redentor? Pois é isso que o estaleiro holandês Royal Huisman está construindo. Com o mais novo Project 411, o objetivo da empresa é colocar nas águas o barco a vela mais alto do mundo, que chegaria a medir aproximadamente 171 metros de altura (561 pés).

Também conhecido como Noir, o Projetct 411 deve medir aproximadamente 80 metros (305 pés) de altura, e será equipado com uma plataforma de eslupe — mastro único com uma vela triangular principal, o mais comum entre os veleiros — que terá 92 metros (264 pés). Assim, superará o Korus — atualmente o maior veleiro do mundo, com 127 m — e se tornará o barco a vela mais alto nas águas.

Foto: Royal Huisman/ Divulgação

Mas se engana quem acha que altura será o único ponto forte do Noir. Até porque, velocidade, potência e boa dirigibilidade fazem parte das instruções dos exigentes proprietários. O barco será feito inteiramente em alumínio, para reduzir o peso e ter maior agilidade.

 

O futuro veleiro mais alto do mundo ainda será equipado com acionamentos elétricos, visando fornecer potência adicional, conforme necessário. Todos os equipamentos do deque serão da cor preta — por isso o apelido Noir (preto, em francês).

O eslupe que equipará o veleiro será grande o suficiente para acomodar um bote de 45 pés. Afinal, o Project 411 foi projetado para transportar uma embarcação deste tamanho e, assim, permitir a exploração costeira, além de levar hóspedes sem necessidade de reposicionar a embarcação mais perto de um porto.

Muito a se descobrir

Com o intuito de ser um barco grande — como deu para perceber –, o Project 411 deve proporcionar o prazer de navegar com a família e amigos sem se preocupar com a capacidade — que ainda não foi divulgada.

Foto: Royal Huisman/ Divulgação

Os detalhes sobre o interior do veleiro mais alto do mundo também ainda estão em sigilo, mas se sabe que o projeto está sendo desenvolvido pela GCA Architects, de Barcelona, empresa conhecida por possuir uma abordagem contemporânea em edifícios residenciais e comerciais.

 

Quanto a parte externa, o Project 411 contará com extensões de vidro e plataformas dobráveis para conectar os hóspedes com o mar, além de um flybridge para entretenimento ao ar livre. Mais informações envolvendo o desenvolvimento do barco serão divulgadas à medida em que o projeto for avançando.

Navegando rumo ao recorde

Por mais que o projeto traga muita expectativa, é bom os interessados conseguirem esperar um pouco. Afinal, a Royal Huisman não divulgou uma data de entrega para o Noir, mas se imagina que levará algumas primaveras. O Koru, maior barco a vela atualmente, levou dois anos para ser construído, por exemplo.

Foto: Royal Huisman/ Divulgação

Das centenas de navios que nosso estaleiro entregou em sua história, o Project 411 será nosso quarto iate no ranking dos 10 maiores iates à vela do mundo– Jean Timmerman, CEO do estaleiro

Timmerman ainda comemorou o fato de a empresa estar no 140º ano de operação e anunciar um “projeto tão significativo”. Assim, a Royal Huisman vai em busca de mais um recorde, após lançar o maior veleiro de alumínio do mundo em 2020 e trabalhar, atualmente, no maior veleiro de pesca esportiva do mundo, segundo a marca.

 

Por Áleff Willian, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Teste Solara 380 Bowrider: lancha encanta com amplos espaços e boa navegabilidade

    Muito agradável para uso externo, a nova embarcação tem aberturas laterais na popa, solário triplo e cockpit espaçoso

    Novo jet elétrico do Batman traz ficção à vida real em embarcação de luxo limitada

    Batizado de Maverick GT Stormy Knight, 27 unidades do jet serão comercializadas pela própria Wayne Enterprises

    Na Espanha, praia de areia preta já abrigou espiões da Guerra Fria e hoje é point de turistas

    Playa de Puerto Naos contrasta escuridão da areia com azul do mar e simpáticos prédios coloridos, além de ostentar o selo Bandeira Azul

    Dupla brasileira disputará volta ao mundo de veleiro na Globe 40

    Desafio chega à segunda edição como o mais forte em duplas dentro da modalidade

    Na popa de superiate, Bugatti atrai olhares durante GP Mônaco de Fórmula 1

    Pelo 2º ano, influenciador içou carro de luxo para dentro de embarcação -- dessa vez, uma 170 pés