Arquiteto cingalês cria projeto de restaurante à beira-mar com formato de tartaruga gigante

Estabelecimento, além de criar conexão com o animal, se conecta com a natureza e com a sustentabilidade

27/02/2024
Foto: Instagram @thilinaliyanagevisualizations / reprodução

A tartaruga marinha é um dos animais mais simpáticos dos mares, querida por muitos e, infelizmente, ameaçada de extinção. Pensando em prestar uma homenagem à espécie, Thilina Liyanage, um arquiteto do Sri-Lanka, resolveu projetar um restaurante à beira-mar com o formato de uma tartaruga marinha gigante.

Como se não bastasse a ideia ousada, Thilina foi além, e o Restaurante Turtle, como é chamado, não só mistura arte e arquitetura, como também, sustentabilidade. Isso porquê o projeto de restaurante com formato de tartaruga é feito inteiramente de bambu, em formas geométricas meticulosamente calculadas para se assemelharem o máximo possível ao animal.

Foto: Instagram @thilinaliyanagevisualizations / reprodução

Idealizado para ser um restaurante à beira-mar, o estabelecimento não poderia deixar de trazer características que se encaixassem perfeitamente com a natureza, como uma união entre o animal e o seu habitat.

Foto: Instagram @thilinaliyanagevisualizations / reprodução

Por isso, o restaurante com formato de tartaruga gigante se conecta, através de sua entrada principal, à floresta ao redor da praia, criando uma conexão entre o restaurante e o verde que embeleza o ambiente.


Já nas duas entradas laterais, os visitantes conseguem acessar o local diretamente da areia, criando outra conexão com a natureza e deixando o ambiente ainda mais aconchegante. O casco da tartaruga abriga o salão principal e, por lá, parte da “carapaça” do animal é aberta, funcionando como uma clarabóia que leva luz natural ao interior do estabelecimento.

Foto: Instagram @thilinaliyanagevisualizations / reprodução

Os arcos de bambu no interior acabam servindo como uma espécie de “setorização” do restaurante, enquanto nos deques laterais, os visitantes têm uma experiência ao ar livre, onde é possível curtir a brisa do mar.

Foto: Instagram @thilinaliyanagevisualizations / reprodução

O ambiente ganha um toque de aconchego ao fim do dia, quando a famosa “golden hour” banha o salão e luzes embutidas no chão deixam o ambiente ainda mais acolhedor.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Mestre em Mecânica, Ricardo Paragon ensina a evitar panes no mar no NÁUTICA Talks

    Empresário e técnico premiado compartilhará dicas importantes durante o Rio Boat Show 2024

    Marinha anuncia regras para barcos durante show da Madonna, no Rio

    Área delimitada para o evento só aceitará embarcações identificadas, vistoriadas previamente e que respeitem os limites de lotação

    Hélio Magalhães divide décadas de experiência como velejador no NÁUTICA Talks

    Com 45 anos de mar e mais de 200 milhas náuticas navegadas, palestrante compartilhará ensinamentos no Rio Boat Show 2024

    Na Holanda, live permite acionar "campainha de peixes" para liberar passagem de animais por eclusa

    Transmissão ao vivo mostra quando um peixe aguarda passagem; espectadores avisam operadores ao "tocar campainha"

    Renault apresenta veleiro desmontável, jet elétrico e prancha motorizada

    Marca francesa propõe novas soluções de mobilidade e mostrou inovações durante lançamento de carro elétrico