Movido a energia solar, novo catamarã da Sunreef Yachts promete bateria de 1 mil kWh

Modelo elétrico contará com tecnologia que percorre toda superfície externa do barco para captar a luz do sol

15/04/2024
Foto: Sunreef Yachts / Divulgação

O estaleiro polonês Sunreef Yachts já é conhecido no meio náutico pela produção de embarcações de luxo elétricas, movidas à energia solar. Os modelos ecológicos da marca vão dos 60 aos 100 metros de comprimento — pelo menos até agora. Com a chegada do Explorer Eco 40, o estaleiro apresenta o projeto de sua menor embarcação dentro do segmento — que promete continuar norteando os rumos da Sunreef.

Apesar do tamanho, o novo modelo não perde em tecnologia — muito pelo contrário. A Sunreef quer dar à nova embarcação recursos mais avançados em comparação aos outros premiados barcos da marca, o que estende o leque de possíveis interessados no novo Explorer Eco 40.

Foto: Sunreef Yachts / Divulgação

Como é o novo Explorer Eco 40 da Sunreef Yachts

Como o próprio nome já sugere, o Explorer Eco 40 tem 40 pés, distribuídos em um design de catamarã, que dá à embarcação o benefício de consumir menos energia para a propulsão no mar — e torna a parte elétrica mais eficiente.

Foto: Sunreef Yachts / Divulgação

Falando em eficiência, a ideia é que o modelo seja empurrado por dois motores de 540 kW e duas baterias de 550 kWh, que somam mais de 1 mil kWh de energia, dando à embarcação a possibilidade de passeios bastante duradouros. Com essa potência, será possível levar até 17 pessoas para navegar a uma velocidade de cruzeiro de 10 nós (18,5 km/h), e máxima de 14 nós (26 km/h).


Para a captação da energia do sol, o Explorer Eco 40 será equipado com tecnologia de ponta. A Sunreef conta com uma “pele solar”, que percorrerá cada centímetro da parte externa da superfície da nova embarcação, e cumprirá o papel de captar a luz do sol, gerando, assim, energia limpa.

 

Inclusive, vale ressaltar que, segundo o estaleiro, a Sunreef é a única do setor a incorporar células solares em estruturas de fibra de vidro de grande escala, para geração de energia.

Foto: Sunreef Yachts / Divulgação

Para além da tecnologia, o Explorer Eco 40 esbanja uma vasta área de relaxamento, com acesso direto ao mar e espaço de armazenamento para compressores de mergulho, e-bikes, e-foils, botes à vela e tenders. Na popa, é possível aproveitar o sol em uma piscina e no spa com vista privilegiada para o oceano.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Tanzanite: megaiate de 120 metros será um dos maiores já feitos na Holanda

    Novo carro-chefe do estaleiro Amels, embarcação de luxo será uma das maiores já feitas na Holanda

    Adegas rifam vinho de R$ 5 mil, envelhecido no fundo do mar, para ajudar RS

    Empresas já arrecadaram mais de R$ 100 mil com bilhetes vendidos a R$ 10 cada

    Temporada de baleias: confira regras e onde avistar o animal no Brasil

    De junho a novembro, cetáceos saem da Antártica em busca das águas brasileiras para se reproduzirem

    Cidade perdida no meio do Pacífico tem localização remota e mistério sobre sua construção

    Localizada sobre um recife de corais, a cidade perdida de Nan Madol tem fama de "amaldiçoada" e intriga cientistas

    Registro raro: lula de mar profundo ataca câmera com tentáculos “acesos”; assista

    Filmagem mostra animal sendo atraído por isca presa a uma câmera a mais de mil metros de profundidade no Pacífico Sul