Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2002

Evento foi marcado por lançamentos, palestras, atrações e acontecimentos paralelos que movimentaram o salão

04/03/2024
Foto: Arquivo Revista Náutica

Em 2024, o Rio Boat Show chega a sua 25ª edição. Para comemorar esse momento histórico, a equipe de NÁUTICA vai revisitar o passado novamente para mais uma edição da série Memória Náutica. Hoje é dia de relembrar o Rio Boat Show 2002, que sagrou a feira como um evento maduro e gerador de bons negócios.

A 5ª edição do Rio Boat Show aconteceu durante nove dias na Marina da Glória, palco já tradicional do evento náutico mais charmoso da América Latina since 1998. Desta vez, contudo, o salão chegava já como uma parada obrigatória dos amantes do setor — e até de quem nunca tinha pensado na possibilidade de navegar.

Foto: Arquivo Revista Náutica

O evento está cada vez mais profissional. O público aumentou tanto qualitativamente, quanto quantitativamente. Só vai ficar no mercado quem tratar bem o cliente– Lenílson Bezerra, da Acobar, à Revista Náutica 165

O que acontecia no mundo em 2002

Com a ferida de 1998 ainda sob curativos — talvez até hoje — , o brasileiro teve um grande motivo para esquecer as dores do passado em 2002: a seleção brasileira era pentacampeã da Copa do Mundo, realizada na Coreia do Sul e no Japão. O Brasil venceu a Alemanha com dois gols de Ronaldo Nazário, e o pentacampeonato, desde então, não foi igualado por mais nenhuma seleção.

Foto: Arquivo Revista Náutica

No ano em que o dólar bateu os R$ 3, as cédulas de R$ 20 com seu icônico o mico-leão-dourado passaram a frequentar a carteira dos brasileiros. Também em 2002 o euro entrou em vigor, substituindo as moedas de 12 países da União Europeia e servindo a mais de 300 milhões de pessoas.


No âmbito cultural, em 2002 a Mangueira conquistou o 18º título do Carnaval do Rio, Sandy e Junior tornaram-se os primeiros artistas brasileiros a realizarem um show sozinhos no Maracanã e o grupo Rouge era formado. Já nas telonas, foi o ano em que Cidade de Deus foi lançado — e indicado ao Oscar.

Como foi o Rio Boat Show 2002

O Rio Boat Show 2002 foi marcado por lançamentos, palestras, eventos, atrações e acontecimentos paralelos que movimentaram o salão, como a chegada de Amyr Klink com seu veleiro Paratii 2 à Marina da Glória, após 68 dias na Antártica. A embarcação, considerada um “colosso” da construção naval brasileira, permaneceu no salão para admiração do público — e foi um sucesso.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Paulo Renha, então presidente da Real Powerboats e da Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e seus Implementos (Acobar), quebrou o recorde da travessia Santos-Rio, que já durava 28 anos, momentos antes do salão começar.

 

A bordo de uma Real 26 batizada de Go Pulga, ele fez o trajeto em 4h40min11s, superando Malcom Wallace Franz que, em 1974, fez o percurso em 5h38min23s.

Foto: Arquivo Revista Náutica

O tradicional sorteio de um barco marcou presença também na 5ª edição do evento. Desta vez, a embarcação sorteada foi um veleiro Dingue, e o vencedor foi um garoto de apenas 11 anos, chamado Bernardo Fajoses Barbosa. Ele e a família foram ao evento por acaso, como rota para evitar filas em uma exposição de arte.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Quem passou pelo Rio Boat Show de 2002 e não saiu de lá com um barco, pôde, pelo menos, sair com a permissão para pilotar um, graças ao curso de arrais amador oferecido pela organização do evento e pela Escola de Vela Brisamar, num estande da Marinha do Brasil, que contemplou cerca de 200 pessoas.

Foto: Arquivo Revista Náutica

As palestras do Encontro Náutico Brasileiro também movimentaram o salão, com mais de 15 palestrantes trazendo os mais diversos temas ao público.

 

A 4ª edição da regata Boat Show foi novamente um sucesso, reunindo 360 veleiros nas raias da Baía de Guanabara. A tradicional construção ao vivo de uma lancha da Barracuda Technologies, desta vez, permitiu que alguns visitantes colocassem a mão na massa.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Rio Boat Show 2002 em números

O Rio Boat Show 2002 teve 205 barcos expostos (14 a mais que em 2001), divididos entre lanchas (66%), infláveis (15%), veleiros (8%), jets (6%) outros modelos, como jetboats (3,5%) e caiaques (1,5%). De todos esses, 79% dos barcos foram provenientes de estaleiros nacionais, enquanto os importados representaram 21% das embarcações. Dos 205 barcos, 66% estavam “no seco”, e 34% na água.

Foto: Arquivo Revista Náutica

As lanchas, que sempre representam o maior número de embarcações no evento, foram divididas entre proa aberta de passeio diurno (26%), pesca/mergulho (21,5%), proa fechada de passeio diurno (17%), comando aberto (14%), cabinadas flybridge (9%), esportivas (9%) e jetboats (4%).

Foto: Arquivo Revista Náutica

Ainda entre as lanchas, estrelas do salão, 18% tinham até 19,7 pés; 47% eram de 20 a 29,5 pés; 21% de 29,9 a 39,4 pés; 10% de 39,7 a 49,2 e 4% acima dos 49,5 pés.

 

Já entre os motores, que somaram 162 unidades, 85% eram de popa, 9% centro diesel, 5,5% centro-rabeta diesel e 0,5% centro-rabeta gasolina. Quanto à potência do coração dos barcos, 34% tinham até 50 hp, 31% de 151 a 300 hp, 26% de 51 a 150 hp e 9% tinham mais do que 300 hp.

Foto: Arquivo Revista Náutica

O Rio Boat Show 2002 somou ainda mais de 20 lançamentos, entre embarcações, motores e equipamentos. Naquela edição, inclusive, a Schaefer Yachts viu 38 unidades de sua Phantom 290 (considerada a estrela do salão) serem vendidas.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Dolphin, Tecnoboats, Piaggia, Caprice, Magna, Fibragge, Intermarine, Real, Riostar, HD Marine, Regal, Caprice, Schaefer Yachts, Coral, Fairline, Princess, Proboat, Romano, Sea-Doo, Colunna, Jeanneau, Barlavento Boats e Beneteau foram algumas das marcas que levaram lançamentos ao Rio Boat Show 2002.

Confira mais fotos da edição de 2002 do Rio Boat Show

Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica

Vem aí o Rio Boat Show 2024!

Evento náutico mais charmoso do Brasil, o Rio Boat Show chega a sua 25ª edição recheado do que de melhor esse lifestyle pode oferecer. As águas da Baía de Guanabara, na Marina da Glória, recebem o evento entre os dias 28 de abril e 5 de maio. Por lá, o grande público poderá ver de perto os principais lançamentos e destaques do mercado náutico com barcos na água e test-drive de embarcações.

O repertório é grande: lanchas, veleiros, iates, jets, motores, equipamentos, acessórios, decoração e serviços náuticos estarão reunidos em um só lugar, ao lado de especialistas do setor, preparados para auxiliar todos os visitantes. Além disso, o Rio Boat Show exibe destinos náuticos, artigos de luxo e quadriciclos.

 

O público da 25ª edição do evento terá ainda atrações diversas, como palestras, desfile de moda e o tradicional Desfile de Barcos — em que os modelos de destaque do evento navegam pela Baía de Guanabara, junto com um show de luzes, música e até mestre de cerimônia.

Anote aí!

RIO BOAT SHOW 2024
Quando: De 28 de abril a 5 de maio;
Horário: De segunda a sexta-feira, das 15h às 22h | sábado e domingo, das 13h às 22h;
Onde: Marina da Glória (Av. Infante Dom Henrique, S/N, Glória);
Ingressos: site oficial de vendas
Mais informações: rioboatshow.com.br.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    NÁUTICA Talks terá papo sobre a história dos jets com Renan Macedo

    Fundador da Usina do Jet ainda falará sobre o avanço das corridas e expedições a bordo da embarcação; palestra acontece durante o Rio Boat Show 2024

    Danimar leva scooter aquática e modelos off road ao Rio Boat Show 2024

    Concessionária oficial de marcas como Segway, empresa também apresentará UTV e quadriciclo ao público do evento náutico

    André Homem de Mello recorda histórica volta ao mundo a vela no NÁUTICA Talks

    Primeiro brasileiro a alcançar o feito em solitário e sem escalas integra agenda recheada do Rio Boat Show 2024

    Fernando Moraes conduz mergulho pelas ilhas brasileiras no NÁUTICA Talks

    Biólogo marinho trará à tona detalhes sobre biodiversidade e história de locais emblemáticos durante o Rio Boat Show 2024

    Prós e contras do envelopamento náutico serão discutidos com Pedro Dias no NÁUTICA Talks

    Especialista em adesivagem náutica, "Pedrinho" vai conduzir bate-papo na série de palestras do Rio Boat Show 2024