No NÁUTICA Talks, Alberto Brandão fala sobre as regatas virtuais no Brasil

O jogo Virtual Regatta será o centro do papo sobre o eSailing no país, em palestra que acontece dentro do Rio Boat Show 2024

15/04/2024
Foto: Arquivo Pessoal

O mineiro Alberto Brandão foi ao Rio de Janeiro para estudar. Por lá, em 2018, descobriu a vela, se apaixonou e agora é velejador nas classes Dingue, Snipe, Star e Oceano. Mas não parou por aí. Mergulhando nessa aventura náutica, ele descobriu o jogo Virtual Regatta. Chamadas de eSailing, o esporte é o tema de Alberto Brandão no NÁUTICA Talks, durante o Rio Boat Show 2024.

Indicado por seu próprio instrutor de vela para aprender as regras e posicionamento do barco em relação ao vento, o Virtual Regatta atualmente tem um campeonato anual, com etapas mensais e cerca de 250 associados.

 

Para entender melhor tudo o que se passa nesse universo, Alberto Brandão comandará o papo “eSailing no Brasil: por dentro das regatas virtuais”, no dia 30 de abril, às 18h, na programação do NÁUTICA Talks.

Foto: Aline Bassi / Balaio / Divulgação

Alberto é um dos organizadores das competições que somam, em média, de 30 a 40 barcos nas raias virtuais, com pessoas do Brasil inteiro. De acordo com o velejador, o Regatta Inshore apresenta o barco como num video game, em primeira pessoa, trazendo as mesmas sensações de estar velejando — com direito até a penalidades.

Valeiro de Alberto Brandão no Virtual Regatta. Foto: Acervo Pessoal

Em entrevista ao Minuto Náutico, Alberto Brandão comentou que “você tem multijogadores ao mesmo tempo disputando uma partida, e é difícil”. Na ocasião, o velejador explicou que o jogo engloba a tática da navegação e até o estudo dos ventos, o que exige dedicação.


Realizadas pela Revista Náutica, as palestras do Náutica Talks têm entrada aberta a todos os visitantes do evento náutico mais charmoso da América Latina.

 

No ciclo de palestras do Rio Boat Show, mais de 40 convidados especiais vão comandar os Talks. Ao longo dos oito dias de programação, visitantes poderão ouvir histórias de gente do mar, ficar por dentro de dicas náuticas e conhecer o que de mais intrigante esse universo tem a oferecer.

 

Você pode receber a programação completa das palestras e outras atrações no site do Rio Boat Show.

Rio Boat Show 2024

Evento náutico mais charmoso do Brasil, o Rio Boat Show chega a sua 25ª edição recheado do que de melhor esse lifestyle pode oferecer. As águas da Baía de Guanabara, na Marina da Glória, recebem o evento entre os dias 28 de abril e 5 de maio. Por lá, o grande público poderá ver de perto os principais lançamentos e destaques do mercado náutico com barcos na água e test-drive de embarcações.

O repertório é grande: lanchas, veleiros, iates, jets, motores, equipamentos, acessórios, decoração e serviços náuticos estarão reunidos em um só lugar, ao lado de especialistas do setor, preparados para auxiliar todos os visitantes. Além disso, o Rio Boat Show exibe destinos náuticos, artigos de luxo e quadriciclos.

 

O público da 25ª edição do evento terá ainda atrações diversas, como palestras, desfile de moda e o tradicional Desfile de Barcos — em que os modelos de destaque do evento navegam pela Baía de Guanabara, junto com um show de luzes, música e até mestre de cerimônia.

Anote aí!

RIO BOAT SHOW 2024
Quando: De 28 de abril a 5 de maio;
Horário: De segunda a sexta-feira, das 15h às 22h | sábado e domingo, das 13h às 22h;
Onde: Marina da Glória (Av. Infante Dom Henrique, S/N, Glória);
Ingressos: site oficial de vendas
Mais informações: rioboatshow.com.br.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Tanzanite: megaiate de 120 metros será um dos maiores já feitos na Holanda

    Novo carro-chefe do estaleiro Amels, embarcação de luxo será uma das maiores já feitas na Holanda

    Adegas rifam vinho de R$ 5 mil, envelhecido no fundo do mar, para ajudar RS

    Empresas já arrecadaram mais de R$ 100 mil com bilhetes vendidos a R$ 10 cada

    Temporada de baleias: confira regras e onde avistar o animal no Brasil

    De junho a novembro, cetáceos saem da Antártica em busca das águas brasileiras para se reproduzirem

    Cidade perdida no meio do Pacífico tem localização remota e mistério sobre sua construção

    Localizada sobre um recife de corais, a cidade perdida de Nan Madol tem fama de "amaldiçoada" e intriga cientistas

    Registro raro: lula de mar profundo ataca câmera com tentáculos “acesos”; assista

    Filmagem mostra animal sendo atraído por isca presa a uma câmera a mais de mil metros de profundidade no Pacífico Sul