1º túnel subaquático da América Latina ligará as cidades de Santos e Guarujá

Promessa é de que travessia leve menos de 2 minutos de carro. Construção também terá ciclovia, passagem para pedestres e VLT

07/02/2024
Foto: Secretaria de Logística e Transportes de SP / Divulgação

Com o aumento populacional e, consequentemente, no fluxo de pessoas de um lugar para o outro, novas alternativas precisam ser pensadas para facilitar a vida da população. Uma delas, anunciada recentemente, não só vai reduzir o tempo de travessia entre as cidades de Santos e Guarujá, no litoral sul de São Paulo, como também será uma construção inédita neste lado do globo: o 1º túnel subaquático da América Latina.

Na última sexta-feira (2), o Governo Federal, junto ao Governo do Estado de São Paulo, anunciou a construção de um túnel subaquático de 850 metros que vai ligar as cidades de Santos e Guarujá, no litoral paulista.

Foto: Secretaria de Logística e Transportes de SP / Divulgação

Com a promessa de reduzir a travessia entre as cidades em 50 minutos, o percurso de carro pelo túnel deverá durar apenas um minuto e meio.

Foto: Secretaria de Logística e Transportes de SP / Divulgação

A obra super tecnológica será a primeira desse tipo na América Latina, e passará por baixo do canal que abriga o Porto de Santos — um dos maiores do mundo –, a 21 metros de profundidade.


O início das obras deve acontecer entre o fim de 2024 e início de 2025. Já a inauguração do túnel subaquático estima-se que será em 2028.

Fila para travessia de balsas entre Santos e Guarujá. Foto: Dersa / Divulgação

A construção de 1,5 km (contando com o túnel de 850 metros de extensão) deverá desafogar a Rodovia Cônego Domênico Rangoni (SP-055), além de liberar o canal do porto para uso prioritário de navios de carga e de passageiros.

Foto: Secretaria de Logística e Transportes de SP / Divulgação

Com três faixas em cada sentido, o túnel subaquático terá ainda estrutura para um veículo leve sobre trilhos (VLT), passagem para pedestres e ciclovia.

Túnel subaquático é esperado há quase 100 anos

A construção do túnel subaquático, apesar de tecnológica e inovadora, é uma ideia, na verdade, bastante antiga: de 100 anos atrás. Em janeiro de 1927 a imprensa local noticiou um projeto do engenheiro Enéas Marini para construir um túnel ligando Santos e Guarujá.

Projeto foi publicado na primeira página do jornal santista A Tribuna, no 23 de janeiro de 1927. Foto: Novo Milénio / Divulgação

Ao longo desse tempo, o projeto passou por inúmeras reformulações, até tomar forma e ser inserido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Estimada em cerca de R$ 5,8 bilhões, a obra será custeada com recursos dos orçamentos da União e do estado de São Paulo.


Ao todo, serão seis módulos pré-moldados com concreto armado, a 21 metros de profundidade. Tais módulos serão fabricados em uma doca seca e posteriormente transportados por flutuação até o local onde o leito do canal será preparado, de modo a não interromper o fluxo de navios no Porto de Santos.

Foto: Secretaria de Logística e Transportes de SP / Divulgação
Foto: Secretaria de Logística e Transportes de SP / Divulgação

Atualmente, existem balsas que realizam o trajeto que será feito pelo túnel subaquático, a um valor de R$ 12,30 (para veículos de passeio em dias úteis) e sem cobrança para pedestres. A ideia é que a novidade tenha um pedágio, seguindo esse mesmo modelo de tarifa, com isenção para ciclistas e pedestres.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Festa em alto-mar: Tailândia tem mega balada flutuante em catamarã

    Com dois andares e capacidade para 500 pessoas, beach club leva agito a cenário paradisíaco

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 99

    Evento se destacou por trazer inovações que foram além dos barcos para 51 mil visitantes

    Rio Boat Show 2024 será palco para estreia da Schaefer V44 em águas brasileiras

    Lançamento walk around da Schaefer Yachts estará nas águas da Marina da Glória, de 28 de abril a 5 de maio

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar