Pesquisadores encontram raia gigante com cauda venenosa no oceano Atlântico

Animal de 180 kg não é considerado agressivo e foi devolvido ao mar em segurança

05/10/2023
Foto: Filipe Guillaume / Flickr*

Na última quarta-feira (27), um grupo de pesquisadores da fauna do estado de Connecticut, nos Estados Unidos, encontrou uma raia gigante com 1,5 metros de largura, 180 kg e cauda venenosa, em meio ao Oceano Atlântico.

Segundo os pesquisadores, apesar da cauda venenosa, o animal — que naturalmente vive no Atlântico norte — costuma ficar longe da costa e, então, não oferece perigo aos humanos.

Foto: Connecticut Fish and Wildlife / Divulgação

Também conhecida como “roughtail” (em tradução livre, cauda áspera), raia-prego-de-cauda-áspera ou Bathytosia Centroura (nome científico), o animal leva esse nome devido às placas espinhosas ao longo do corpo e na base da cauda.

 

Como outras raias dessa espécie, a cauda áspera tem um ou dois espinhos serrilhados e afiados, equipados com glândulas de veneno e cobertos por uma fina camada de pele.


Após a captura, os cientistas fizeram algumas medições e imediatamente devolveram a raia gigante para a água, em segurança.

 

Na foto que registra o momento do encontro com os pesquisadores, o animal está com seu ventre de cor clara (a barriga) virado para cima.

 

*A foto que abre essa matéria foi feita por Filipe Guillaume, e reproduzida de seu perfil no Flickr.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Cruzeiro nudista pelo Caribe é aposta de empresa dos Estados Unidos; conheça

    Com previsão de lançamento em 2025, viagem sem roupa pelos mares custa a partir de R$ 10 mil, mas tem regras rígidas de convivência

    Robert Scheidt será o embaixador da 51ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela

    Maior medalhista da história olímpica do Brasil estará no evento patrocinado pela Mitsubishi de 20 a 27 de julho

    Iate Clube Armação de Búzios anuncia eleitos para a nova gestão; confira

    Em eleição realizada na última segunda-feira (13), o medalhista olímpico Marcos Soares foi nomeado o novo comodoro

    Brasileiro fez imagens inéditas de baleia que quase foi extinta: "indescritível"

    Documentarista flagrou uma das baleias mais rápidas do mundo no mar da Patagônia

    Venda de ingressos para o Marina Itajaí Boat Show 2024 já está aberta; garanta o seu

    Segunda edição do evento está ainda maior, com mais expositores e em formato de circuito 360º sobre a terra e as águas