Marinheiro Popeye realmente existiu: conheça sua verdadeira história

O Popeye de verdade jurava nunca ter perdido uma briga e teve até uma namorada parecida com a Olivia Palito

10/02/2024
marinheiro Popeye de verdade
Fotos: Reprodução

Diferentemente de outros famosos personagens, como os super-heróis do universo Marvel, já existiu um marinheiro Popeye de verdade. Um dos mais famosos protagonistas de histórias em quadrinhos e desenhos animados de todos os tempos, Popeye não nasceu apenas da imaginação do autor, o cartunista americano Elzie Crisler Segar.

A história do personagem carismático que está sempre tentando proteger sua namorada, Olívia Palito, das garras de seu eterno inimigo Brutus é muito mais interessante do que você imagina.

O ator Robin Williams no papel de Popeye, em filme de 1980. Foto: Reprodução

Curiosidades sobre o homem que inspirou Popeye

O Popeye de verdade foi um americano de origem polonesa, chamado Frank “Rocky” Fiegel. O cartunista Segar o conheceu em sua cidade natal, Chester, no estado americano de Illinois. Nascido em 1868, o Popeye de carne e osso foi mesmo marinheiro.

 

Porém, depois de se aposentar, decidiu trabalhar como segurança da taverna Wiebusch’s, onde fez fama de valentão. Por se envolver em brigas, tinha um dos olhos deformados. Daí o nome Popeye, ou “olho estourado”, junção das palavras “pop” (estourar) e “eye” (olho).

 

Assim como o personagem que ajudou a inspirar, Frank “Rocky” Fiegel estava sempre fumando cachimbo e, por isso, falava apenas com um dos cantos da boca.

marinheiro Popeye de verdade

Fantasioso, o marinheiro aposentado vivia contando aventuras imaginárias, em que se gabava das proezas de sua força física — ele jurava nunca ter perdido uma briga. A lata de espinafre também acompanhava o Fiegel: era o lanche do Popeye no intervalo do trabalho.

 

Todas essas características foram reunidas por Segar ao criar seu protagonista há quase cem anos, em 1929.

 

Ironicamente, o hoje icônico marinheiro foi pensado apenas como personagem secundário nas tirinhas publicadas no New York Journal. No entanto, Popeye caiu nas graças dos leitores e, dessa forma, foi alçado a protagonista.

marinheiro Popeye de verdade
Cena do filme “Popeye”, com Robin Williams e Shelley Duvall como protagonistas

Mas a semelhança entre ficção e realidade não para por aí. Assim como Popeye, sua eterna namorada Olívia Palito também existiu de verdade: era dona de um armazém em Chester.

 

Nascida Dora Paskel, em 1872, a mulher que inspirou Olivia Palito ela era alta, magra e usava os cabelos enrolados em um coque, tal qual Segar perpetuou sua imagem nos desenhos animados e nas histórias em quadrinhos.

 

Fiegel morreu em 1947, 18 anos depois da criação de Segar. Seu túmulo no cemitério Saint Marys Chester, em sua cidade natal, traz um desenho do personagem, homenageando a inspiração do Popeye de verdade.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 99

    Evento se destacou por trazer inovações que foram além dos barcos para 51 mil visitantes

    Rio Boat Show 2024 será palco para estreia da Schaefer V44 em águas brasileiras

    Lançamento walk around da Schaefer Yachts estará nas águas da Marina da Glória, de 28 de abril a 5 de maio

    Megaiate apreendido vira "batata-quente" para os Estados Unidos; entenda o caso

    Governo norte-americano quer vender embarcação e alega não ter condições de pagar manutenção

    Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

    O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

    Novo estudo mostra que baleia-azul está acasalando com baleias-comuns mais do que deveria; entenda

    Número até então desconhecido de animais com DNA híbrido colocou pesquisadores em alerta