Reveladas imagens inéditas de navio que afundou com seu capitão há 84 anos

O graneleiro Arlington foi encontrado nos EUA e traz, além de imagens, a história do capitão que não quis se salvar

20/02/2024
Foto: Great Lakes Shipwreck Museum / Divulgação

As histórias de naufrágios são carregadas de mistérios, nem sempre resolvidos. Uma delas, envolvendo o navio graneleiro Arlington, aconteceu no Canadá, em 1940. Agora, 84 anos depois, imagens da embarcação que afundou com seu capitão foram reveladas, trazendo de volta uma história cheia de revelações e questionamentos.

Era 30 de abril de 1940, uma terça-feira carregada de neblina, quando o navio Arlington partiu com trigo de Port Arthur, Ontário, no Canadá, rumo a Owen Sound, também sobre águas canadenses, sob o comando do capitão Frederick “Tatey Bug” Burke. A partir daí, nada mais foi como antes.

Foto: Great Lakes Shipwreck Museum / Divulgação

Frederick Burke era considerado um marinheiro experiente, mas talvez ele não estivesse preparado para o que estava por vir. A neblina daquele dia acabou se transformando em uma grande tempestade, que mudaria para sempre a vida de Burke e de seus tripulantes.

 

Com condições climáticas nada favoráveis, Burke tentava seguir viagem e manter sua tripulação segura, mas o navio Arlington acabou colidindo com outro cargueiro, o Collingwood, e a situação, que já era crítica, acabou ficando ainda pior.


A colisão fez com que a água começasse a inundar o navio, já que seu casco foi danificado. Junis Macksey, o imediato da tripulação, percebendo o perigo, logo ordenou que o navio mudasse sua rota e se dirigisse à costa canadense em busca de abrigo, mas Burke, mesmo com toda sua experiência, decidiu retornar ao curso original, em meio ao lago aberto.

 

Já era madrugada de 1º de maio quando o navio começou a afundar rapidamente. A tripulação, assustada e sem respaldo do capitão, passou a abandonar o navio Arlington em botes salva-vidas, o que garantiu que todos eles, exceto o capitão Burke, fossem resgatados.

84 anos depois, nasce uma nova história

Após mais de 80 anos submerso nas profundezas do Lago Superior, na América do Norte, o navio Arlington foi encontrado pela Sociedade Histórica de Naufrágios dos Grandes Lagos (GLSHS) e pelo pesquisador Dan Fountain. A equipe conseguiu, inclusive, imagens inéditas do barco graneleiro.

Foto: Great Lakes Shipwreck Museum / Divulgação
Foto: Great Lakes Shipwreck Museum / Divulgação

A embarcação, de 74 metros de comprimento, está a cerca de 180 metros de profundidade ao norte da Península de Keweenaw, em Michigan, nos Estados Unidos. “Encontrar o Arlington é um momento emocionante, pois desvenda mais um dos muitos mistérios do Lago Superior”, comenta Dan Fountain.

Foto: Great Lakes Shipwreck Museum / Divulgação

As decisões de Burke durante o acidente ainda são carregadas de dúvidas. A principal delas questiona por que o capitão optou por permanecer no navio mesmo enquanto os outros tripulantes se salvavam? A verdade é que essa questão jamais será respondida, e alimenta ainda mais o mistério envolvendo o navio Arlington.

Foto: Great Lakes Shipwreck Museum / Divulgação

“Espero que este capítulo final dessa história possa trazer algum conforto para a família do capitão Burke”, concluiu Dan Fountain.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Mestre em Mecânica, Ricardo Paragon ensina a evitar panes no mar no NÁUTICA Talks

    Empresário e técnico premiado compartilhará dicas importantes durante o Rio Boat Show 2024

    Marinha anuncia regras para barcos durante show da Madonna, no Rio

    Área delimitada para o evento só aceitará embarcações identificadas, vistoriadas previamente e que respeitem os limites de lotação

    Hélio Magalhães divide décadas de experiência como velejador no NÁUTICA Talks

    Com 45 anos de mar e mais de 200 milhas náuticas navegadas, palestrante compartilhará ensinamentos no Rio Boat Show 2024

    Na Holanda, live permite acionar "campainha de peixes" para liberar passagem de animais por eclusa

    Transmissão ao vivo mostra quando um peixe aguarda passagem; espectadores avisam operadores ao "tocar campainha"

    Renault apresenta veleiro desmontável, jet elétrico e prancha motorizada

    Marca francesa propõe novas soluções de mobilidade e mostrou inovações durante lançamento de carro elétrico