Piscinas de salmoura subaquáticas são consideradas um dos ambientes mais extremos da Terra; conheça

Apesar de serem mortais aos animais marinhos, esses locais impressionam pela existência de vida microbiana

21/03/2024
Foto: Universidade de Miami / Divulgação

O oceano é repleto de belezas, mas, também, de mistérios. Principalmente em suas profundezas, se escondem criaturas e segredos que prometem seguir impressionando a humanidade, como as piscinas de salmoura, verdadeiras armadilhas mortais para os animais marinhos que nadam por suas proximidades.

Esses lagos subaquáticos hipersalinos e sem oxigênio, apesar de serem mortais à vida marinha, são repletos de vida microbiana, que podem revelar segredos sobre como os oceanos se formaram há milhões de anos e, até mesmo, sobre a possibilidade de vida em outros planetas.

Qualquer animal que se desvie para a salmoura é imediatamente atordoado ou morto– Sam Purkis, professor da Universidade de Miami

Uma dessas piscinas de salmoura foi descoberta em 2022, em uma expedição no Golfo de Aqaba, no Mar Vermelho, por pesquisadores da Escola Rosenstiel de Ciências Marinhas e Atmosféricas da Universidade de Miami (UM), nos Estados Unidos, em parceria com a iniciativa de exploração oceânica OceanX.

Foto: Sam J. Purkis et.al / Divulgação

“A descoberta veio nos últimos cinco minutos do mergulho do ROV durante as dez horas que poderíamos dedicar a esse projeto”, afirmou Purkis, que é presidente do Departamento de Geociências Marinhas da UM e liderou a pesquisa.

 

Indo a 1,7 mil metros abaixo da superfície, com um veículo subaquático operado remotamente (ROV), os pesquisadores identificaram no local camadas de rochas de pelo menos 1,2 mil anos, além de moléculas bioativas com possíveis propriedades antibacterianas e anticancerígenas.


De acordo com os exploradores, os lagos salgados são formados pelo acúmulo de soluções hipersalinas nas depressões do fundo do mar, e preservam também informações sobre tsunamis, enchentes e terremotos no Golfo de Aqaba, que ocorreram há milhares de anos. Há ainda na região fraturas oceânicas associadas à tectônica do local.

Como uma “piscina” se forma no fundo do mar

Uma piscina se forma no fundo do mar devido a sua água, muitíssimo salgada. Essa condição faz com que o líquido do lago possua uma densidade muito superior à água ao seu redor, fazendo com que ambas não se misturem.

 

Conforme as ondas de salmoura batem contra sua “costa”, o movimento leva os minerais para a borda, onde ficam depositados, formando uma espécie de “parede” que circunda a piscina.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Danimar leva scooter aquática e modelos off road ao Rio Boat Show 2024

    Concessionária oficial de marcas como Segway, empresa também apresentará UTV e quadriciclo ao público do evento náutico

    André Homem de Mello recorda histórica volta ao mundo a vela no NÁUTICA Talks

    Primeiro brasileiro a alcançar o feito em solitário e sem escalas integra agenda recheada do Rio Boat Show 2024

    Fernando Moraes conduz mergulho pelas ilhas brasileiras no NÁUTICA Talks

    Biólogo marinho trará à tona detalhes sobre biodiversidade e história de locais emblemáticos durante o Rio Boat Show 2024

    Prós e contras do envelopamento náutico serão discutidos com Pedro Dias no NÁUTICA Talks

    Especialista em adesivagem náutica, "Pedrinho" vai conduzir bate-papo na série de palestras do Rio Boat Show 2024

    Canal Náutica no YouTube fará cobertura ao vivo do Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transmissão ao vivo todos os dias