Robô submarino encontra lula com ovos gigantes no fundo do mar

Cientistas acreditam tratar-se de nova espécie do animal, capaz de botar ovos com o dobro do tamanho comum

18/06/2024
Foto: MBARI/ Divulgação

Não é segredo para ninguém que o oceano é lar de inúmeras criaturas ainda não conhecidas pelo homem. Mas imagine a surpresa dos cientistas ao perceberem que, dentre tantos animais, justamente uma lula foi flagrada com ovos de tamanho nunca antes vistos — ao menos, para a espécie.

Um robô submarino encontrou o animal agarrado aos ovos gigantes nas profundezas do Golfo da Califórnia, localizado no México. A descoberta foi apontada como uma nova espécie da família Gonatidae.

 

 

O Instituto de Pesquisa do Aquário da Baía de Monterey (MBARI, na sigla em inglês) foi o responsável por operar o robô submarino.

 

A pouco mais de 2,5 mil metros de profundidade, o equipamento encontrou a lula, que protegia com seus tentáculos em torno de 30 a 40 ovos. O detalhe é que o tamanho deles era praticamente o dobro do esperado para criaturas como essa que habitam o fundo do mar.

 

Enquanto os ovos comuns de lulas costumam ter até 6 milímetros de diâmetro, os descobertos pelo robô chegavam a 11,7 milímetros.


Descoberta da lula com ovos gigantes

O registro do robô, chamado Doc Ricketts — em homenagem ao pioneiro da ecologia marinha, aconteceu em março de 2015, mas os cientistas só publicaram o estudo na revista Ecology em maio deste ano.

Foto: MBARI/ Divulgação

Além do tamanho incomum dos ovos, a atitude protetora da mãe lula também causou estranhamento aos pesquisadores. Isso porque esses animais costumam largar os ovos no fundo do oceano ou simplesmente deixar a água levá-los, em vez de embalá-los consigo.

 

De uma forma ou de outra, os cientistas apontam que as lulas que nascem de ovos gigantes têm maior chance de sobreviver nas profundezas do que as provenientes de ovos menores — o que indica o possível sucesso desses seres flagrados pelo robô submarino.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Homem recupera Apple Watch que estava perdido no mar do Caribe há mais de um ano

    Aparelho foi encontrado ainda funcionando graças à ferramenta de localização do dispositivo

    Fluvimar mostrará sua linha de pontoons e barcos de pesca no Brasília Boat Show

    Estaleiro paranaense tem 30 anos de mercado e quase 13 mil barcos na água; salão acontece de 14 a 18 de agosto

    Maior barco da Fibrafort, lancha F420 Gran Coupé será destaque no Brasília Boat Show

    De 14 a 18 de agosto, público do evento náutico poderá conferir de perto os detalhes dessa e de outras duas embarcações do estaleiro

    Doutor Bruno: atleta olímpico dividiu rotina do kitesurf com medicina e mira ouro em Paris

    Entre plantões médicos e velejadas, Bruno Lobo superou lesões e falta de apoio para estrear nas Olimpíadas de 2024

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano