Mergulhadores encontram rara estrela-de-penas no oceano e vídeo viraliza; confira

Conteúdo mostrando o exótico animal já ultrapassou 34 milhões de visualizações na internet

01/08/2023
Foto: Instagram @seayouunderwater/ Reprodução

O perfil do Instagram Sea You Under Water, de Sabrina Signer, foi o responsável por compartilhar com milhões de pessoas o vídeo que mostra uma raríssima espécie de estrela-de-penas no oceano. O registro impressionante do animal flutuando na imensidão azul foi feito pela equipe de mergulhadores da qual Sabrina faz parte e já foi visto por mais de 34 milhões de pessoas.

Sabrina, que conta com mais de 120 mil seguidores nas redes sociais, postou o exótico vídeo em sua conta e, desde então, além do impressionante número de visualizações, o conteúdo acumula mais de 2 milhões de curtidas, dezenas de compartilhamentos e milhares de comentários em diversas plataformas.

 

O vídeo viral, que tem duração de apenas oito segundos, mostra bem de perto o raro animal nadando no oceano, com um texto que pergunta “você já viu uma estrela-de-penas andando?”.

 

Na legenda da publicação, o perfil explica um pouco sobre o animal, contando que “as estrelas-de-penas são consideradas uma das criaturas marinhas mais legais porque se parecem com plantas.”

Elas têm lindos tentáculos de penas que podem parecer estranhos e impressionantes ao mesmo tempo – publicou o perfil Sea You Under Water.

Com a publicação do raro animal em alta, Sabrina postou um segundo vídeo em suas redes sociais, mostrando outra espécie da mesma classe: os crinoides. Como a própria legenda explica, as estrelas-de-penas “não tem coração, nem olhos ou cérebro”.

 

Quem é a estrela-de-penas?

Esse animal, que parece com uma samambaia ambulante, é considerado uma equinoderma — o mesmo filo de estrelas, ouriços e pepinos-do-mar — que costumam ficar fixos no solo.

Mas vale lembrar, que algumas espécies da estrela-de-penas se soltam apenas na idade adulta – ou seja, mais raro que o próprio animal, é o registro deles em movimento. Embora a criatura tenha a capacidade de se mover, presumia-se que elas se mexiam de forma extremamente lenta.

 

Entretanto, como o próprio vídeo mostra, as estrelas-de-penas podem nadar mais rápido do que se imaginava. Segundo foi registrado por cientistas em 2005, o animal chegou a registrar a velocidade de até 5 centímetros/segundo.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Na Holanda, live permite acionar "campainha de peixes" para liberar passagem de animais por eclusa

    Transmissão ao vivo mostra quando um peixe aguarda passagem; espectadores avisam operadores ao "tocar campainha"

    Renault apresenta veleiro desmontável, jet elétrico e prancha motorizada

    Marca francesa propõe novas soluções de mobilidade e mostrou inovações durante lançamento de carro elétrico

    No NÁUTICA Talks, Alberto Brandão fala sobre as regatas virtuais no Brasil

    O jogo Virtual Regatta será o centro do papo sobre o eSailing no país, em palestra que acontece dentro do Rio Boat Show 2024

    Movido a energia solar, novo catamarã da Sunreef Yachts promete bateria de 1 mil kWh

    Modelo da Sunreef Yachts contará com tecnologia que percorre toda superfície externa do barco para captar a luz do sol

    JF Sun levará linhas de óculos e acessórios ao Rio Boat Show 2024

    Com especialização em lentes polarizadas e esportivas, marca estará de 28 de abril a 5 de maio, na Marina da Glória