Luxo à beira-mar: propriedade na Flórida com porto para iate está à venda por R$ 1,5 bilhão

Complexo reúne três mansões em Naples e pode se tornar o imóvel mais caro já vendido nos Estados Unidos

31/03/2024
Foto: Gordon Pointe/ Grupo Dawn McKenna/ Reprodução

Se manter embarcações na marina já causou algum inconveniente para os apaixonados pelo mundo náutico, uma propriedade de luxo com porto para iates e cais pode ajudar resolver esse problema. O preço de se livrar da dor de cabeça? A ‘bagatela’ de R$ 1,5 bilhão.

Chamada de Gordon Pointe, a propriedade de luxo localizada na Baía de Naples, sudoeste da Flórida, tem extensão de 36,5 mil m² e é quase toda rodeada por água. Em seu terreno, há três mansões, sendo que uma delas já recebeu George Bush, ex-presidente dos Estados Unidos, e sua esposa.

Foto: Gordon Pointe/ Grupo Dawn McKenna/ Reprodução

Caso seja comprado por algo em torno dos US$ 295 milhões que pede, o local pode ocupar o primeiro lugar na lista de imóveis mais caros já vendidas no território norte-americano. Atualmente, o recorde é de um bilionário que, em 2019, desembolsou US$ 238 milhões (R$ 1,1 bilhão) em uma cobertura.

Por dentro da propriedade de luxo com porto para iate

Se o futuro dono de Gordon Pointe gostar de navegar, praticidade e conforto vão definir seu dia a dia. Isso porque, nos terrenos da propriedade de luxo há um cais em forma de T que acomoda até seis barcos.

 

Mas não para por aí. Graças ao porto para iate, é possível manter a uma curta distância de casa uma embarcação de até 231 pés (ou 70 metros). A construção do espaço, de uso exclusivo do proprietário, foi tão rara que teve que ser aprovada pelo corpo de engenheiros do exército norte-americano.

Foto: Gordon Pointe/ Grupo Dawn McKenna/ Reprodução

A casa principal do complexo se estende por uma área de mais de mil metros quadrados e conta com seis quartos. Apesar de estar em uma região privilegiada pelas belezas naturais, bastam de cinco a dez minutos para chegar a lojas, restaurantes e locais de entretenimento.

Como surgiu a propriedade de luxo?

A propriedade de luxo parece ocupar a ponta de uma península — ou seja, um terreno quase todo cercado por água –, mas que não é fruto de uma artimanha da natureza.

 

A verdade é que os primeiros donos do local, John e Rhodora Donahue, pagaram US$ 1 milhão (na conversão atual, R$ 5 milhões) por um terreno não urbanizado em 1985, com cerca de 17 mil m².


Ao longo dos anos, segundo o The Wall Street Journal, o casal adquiriu mais terras, resultando na grande propriedade à venda.

 

De acordo com os corretores, é possível reformar o complexo e mantê-lo com sua estrutura atual, ou subdividi-lo em outras propriedades, com espaço suficiente para oito grandes casas à beira-mar.

Foto: Gordon Pointe/ Grupo Dawn McKenna/ Reprodução

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Mestre em Mecânica, Ricardo Paragon ensina a evitar panes no mar no NÁUTICA Talks

    Empresário e técnico premiado compartilhará dicas importantes durante o Rio Boat Show 2024

    Marinha anuncia regras para barcos durante show da Madonna, no Rio

    Área delimitada para o evento só aceitará embarcações identificadas, vistoriadas previamente e que respeitem os limites de lotação

    Hélio Magalhães divide décadas de experiência como velejador no NÁUTICA Talks

    Com 45 anos de mar e mais de 200 milhas náuticas navegadas, palestrante compartilhará ensinamentos no Rio Boat Show 2024

    Na Holanda, live permite acionar "campainha de peixes" para liberar passagem de animais por eclusa

    Transmissão ao vivo mostra quando um peixe aguarda passagem; espectadores avisam operadores ao "tocar campainha"

    Renault apresenta veleiro desmontável, jet elétrico e prancha motorizada

    Marca francesa propõe novas soluções de mobilidade e mostrou inovações durante lançamento de carro elétrico