Avião supersônico navega pelo rio Hudson, em Nova York

Concorde ficou famoso pelo voo comercial mais rápido do mundo, mas deixou de fazer sucesso após tragédia que matou 109 pessoas

15/03/2024
Foto: Instagram @intrepidmuseum/ Reprodução

O histórico avião supersônico Concorde, da British Airways, atraiu olhares do mundo inteiro ao cruzar o rio Hudson, em Nova York, a bordo de uma barcaça-guindaste. Após meses de restauração, ele foi transportado de volta ao Intrepid, um museu naval, aéreo e espacial.

O jato ficou famoso por superar o dobro da velocidade do som. Em 1996, bateu o recorde de voo comercial transatlântico mais rápido, ao reduzir para apenas 2 horas, 52 minutos e 59 segundos a distância entre Londres e Nova York — viagem que leva, em média, 8 horas.

Foto: Instagram @intrepidmuseum/ Reprodução

As 85 toneladas do avião supersônico demoraram cerca de 3 horas para subir o rio. A barcaça, de 500 toneladas, foi a mesma que içou o ônibus espacial USS Enterprise até o Intrepid. Assim que chegou ao seu destino, foi içado e reposicionado no museu nova-iorquino.

Concorrência e tragédia

O avião supersônico voou pela primeira vez em 1976, em um serviço operado em conjunto pela British Airways e Singapore Airlines. Na época, um voo custava em torno de US$ 7 mil – o que, atualmente, daria cerca de R$ 35 mil (conversão em março de 2024).

Foto: Instagram @intrepidmuseum/ Reprodução

Com base na correção da inflação, o museu afirma que os valores atuais estariam por volta de US$ 38 mil, equivalentes a R$ 190 mil. Celebridades e membros da realeza britânica fizeram parte do seleto leque de passageiros a se sentar em um dos jatos disponíveis.

 

Entretanto, o sucesso da frota ficou comprometido depois que um Concorde caiu logo após uma decolagem em Paris, no ano 2000. Todas as 109 pessoas a bordo morreram na tragédia. Demorou apenas três anos até que nenhum Concorde sobrevoasse mais o céu.


O avião supersônico que voltou ao Intrepid está no museu desde 2003. Em agosto do ano passado, foi removido pela primeira vez para uma extensa reforma, que incluiu remoção da pintura e inspeções de corrosão.

 

A previsão do museu é de que o Concorde volte à exibição ao público em 4 de abril.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Danimar leva scooter aquática e modelos off road ao Rio Boat Show 2024

    Concessionária oficial de marcas como Segway, empresa também apresentará UTV e quadriciclo ao público do evento náutico

    André Homem de Mello recorda histórica volta ao mundo a vela no NÁUTICA Talks

    Primeiro brasileiro a alcançar o feito em solitário e sem escalas integra agenda recheada do Rio Boat Show 2024

    Fernando Moraes conduz mergulho pelas ilhas brasileiras no NÁUTICA Talks

    Biólogo marinho trará à tona detalhes sobre biodiversidade e história de locais emblemáticos durante o Rio Boat Show 2024

    Prós e contras do envelopamento náutico serão discutidos com Pedro Dias no NÁUTICA Talks

    Especialista em adesivagem náutica, "Pedrinho" vai conduzir bate-papo na série de palestras do Rio Boat Show 2024

    Canal Náutica no YouTube fará cobertura ao vivo do Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transmissão ao vivo todos os dias