Para milionários: enorme catamarã à vela de carbono que cruzou o mundo está à venda

Mousetrap tem 34 metros de comprimento e passou oito anos sobre as águas em viagem pela Terra

09/07/2024
Foto: Fraser Yachts/ Divulgação

Com uma volta ao mundo na bagagem, o Mousetrap é um dos maiores catamarãs à vela feitos com fibra de carbono no mundo. Mas se antes o magnata da tecnologia Daniel Borel ostentava o título de dono desse barco único, chegou a vez de um novo milionário assumir tal lugar.

À venda no site da Fraser Yachts, o Mousetrap definitivamente não cabe em qualquer bolso. Afinal, desfrutar dos 34 metros de comprimento do catamarã de carbono demanda o desapego de uma quantia de 17,9 milhões de euros — ou, na conversão atual, R$ 108 milhões.

Foto: Fraser Yachts/ Divulgação

Concluída em 2012, a embarcação foi projetada pela VPLP Design e construída pelo estaleiro JFA Yachts. A meta das empresas era criar um catamarã de carbono capaz de atravessar o mundo, incluindo em condições bastante adversas.

 

A ideia deu certo e o Mousetrap passou oito anos em navegação pelos arredores da Terra. Depois que a viagem acabou, o proprietário não poupou gastos para fazer com que o veleiro voltasse à condição de novo.

Foto: Fraser Yachts/ Divulgação

De 2021 a 2023, o barco passou por uma extensa reforma, que incluiu novo maquinário, troca de velas, manutenção de mastro e cordame, reforma dos conveses com teca, pintura e acabamento geral. Basicamente, o Mousetrap se tornou um recém-nascido com 12 anos de idade.


Por dentro do catamarã de carbono

Graças ao arco de fibra de carbono que sustenta o mastro, o salão principal dispensa o uso de postes e anteparas, detalhe que garante um visual mais limpo ao espaço. Além disso, a boca de 14 metros permite um interior amplo e arejado, equipado com vista de 180º para o mar.

Foto: Fraser Yachts/ Divulgação

O salão é dividido em quatro áreas: escritório com mesa de trabalho, bar central, sala de estar e sala de jantar. O ambiente conta com uma grande porta de correr que leva à plataforma de popa e se estende até o convés de proa — onde há uma jacuzzi para seis pessoas, um luxuoso lounge e uma escada para acesso à água.

 

Com quatro cabines, o catamarã de carbono acomoda confortavelmente nove passageiros, sendo que todos os quartos dispõem de banheiro privativo. Os hóspedes podem desfrutar de internet via satélite da Starlink — fundada pelo bilionário Elon Musk — e conectividade 5G.

Foto: Fraser Yachts/ Divulgação

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Brasília Boat Show transformará a capital do país no epicentro do mercado náutico

    Primeira edição do salão no Centro-Oeste acontece de 14 a 18 de agosto, nas águas do Lago Paranoá; garanta seu ingresso!

    NX Boats desembarca nos EUA com sua maior lancha, a NX 50 Invictus

    Modelo de 50 pés com hardtop estreou recentemente em águas norte-americanas; estaleiro descreveu momento como “histórico”

    Professor larga tudo para dar volta ao mundo em veleiro de 8 metros

    Pelas redes sociais, Luke Hartley compartilha suas aventuras a bordo de uma 27 pés de 1976

    Mestra Boats exibirá grandes sucessos de 29 a 35 pés no Brasília Boat Show

    Estaleiro disponibilizará aos visitantes do evento náutico a Mestra 352 HT, seu maior modelo, e outros dois barcos bem resolvidos; confira

    No século 17, maior navio do mundo foi construído no Brasil e batizou o Aeroporto do Galeão

    Embarcação de guerra foi construída a pedido da coroa portuguesa, que buscava recuperar terras perdidas para a Espanha