Operação Verão: Marinha do Brasil já inspecionou quase 30 mil embarcações em um mês

Realizada desde 15 de dezembro, a atividade envolve mais de 5 mil militares pelo litoral do Brasil

22/01/2024
Foto: Marinha do Brasil/ Divulgação

Com pouco mais de um mês, cerca de 27 mil embarcações foram inspecionadas pela Marinha do Brasil por conta da Operação Verão 2024, que procura intensificar a segurança do transporte aquaviário durante a temporada de verão — onde aumenta significativamente o número de barcos no litoral.

No total, pouco mais de 1.110 embarcações foram notificadas durante a atividade, com 114 apreendidas. Desde a primeira edição, realizada em 2021, mais de 300 mil barcos sofreram vistorias, com 2023 possuindo menos apreensões nos últimos três anos. Confira a tabela abaixo.

Foto: Marinha do Brasil/ Divulgação

Mais de 5 mil militares participam desde o dia 15 de dezembro de 2023 da operação, com cooperação de todas as Capitanias, Delegacias e Agências da MB. Hidrovias interiores, rios, lagos, lagoas, canais, enseadas e áreas marítimas abrigadas estão na área de abrangência da Operação Verão 2024.

Temporada de alta

Com a chegada das férias — e consequentemente do verão — , aumenta a preocupação da Marinha sobre a segurança das navegações e a prevenção da poluição ambiental por embarcações. Por este motivo, justamente essas pautas são reforçadas durante a atividade.

Foto: Marinha do Brasil/ Divulgação

Além disso, a Operação Verão 2024 também orienta os tripulantes sobre aspectos importantes, como as regras de navegação. Assim, para instruir melhor o público náutico, a Marinha trabalha em duas frentes: palestras educativas e inspeções navais — todas conduzidas por Agentes de Autoridade Marítima.

 

As palestras acontecem em marinas, colônias de pescadores e clubes náuticos, onde são destacadas a importância do aplicativo NAVSEG. Disponível tanto para sistemas Android quanto iPhone (iOS), a ferramenta já foi utilizada por 8 mil condutores, segunda a Agência da Marinha.

Pelo app, é possível informar o plano de viagem da embarcação — aviso de saída — , sem a necessidade do envio de papéis. Assim, permite o monitoramento da embarcação, facilitando o serviço de resgate caso seja necessário. O aplicativo ainda fornece diversas outras informações sobre a navegação.

Foto: Marinha do Brasil/ Divulgação

Já nas inspeções, são verificadas pontos como a habilitação do condutor, material de salvatagem — medidas para resgate após um desastre — e lotação da embarcação. Inclusive, o aplicativo NAVSEG também está incluso nesta dinâmica, já que os condutores são orientados sobre a utilização da plataforma.

 

Iniciada no dia 15 de dezembro de 2023, a Operação Verão 2024 termina em 29 de fevereiro. Porém, vale ressaltar que em alguns Distritos Navais, esta atividade também ocorre em outras datas durante o ano, por conta de cada particularidade de cada local.

 

Por Áleff Willian, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Tags

    Relacionadas

    Fotos inéditas do Titanic prometem revelar detalhes nunca vistos dos destroços

    Expedição ao naufrágio conta com dois robôs ultra tecnológicos, que farão imagens e mapeamentos 3D no fundo do oceano

    Brasília Boat Show terá presença da NX Boats com lancha de luxo assinada pela Pininfarina

    Modelo estará nas águas do Lago Paranoá de 14 a 18 de agosto; ingressos para o salão já estão disponíveis

    Lancha resistente a fuzil é o novo reforço da Polícia Militar do Paraná; conheça o barco

    Embarcação militar Aruanã 29-CM-P atuará junto à Patrulha Costeira no combate à criminalidade e segurança de 39 comunidades

    Rei e cerveja: conheça a pequena ilha que tem ‘monarca’ próprio e pub centenário

    Pertencente à Inglaterra, Ilha de Piel é habitada há pelo menos 3 mil anos e conta com um antigo castelo

    Olimpíadas de Paris: você sabia que o surfe não será disputado na França?

    Em decisão polêmica, Comite Olímpico escolheu outro país para sediar todas as baterias do esporte; entenda