Paraíso em risco: Maldivas planeja elevação das ilhas para evitar que fiquem submersas

Em vez de migrar sua população para algum país próximo, presidente propõe que a população continue no arquipélago

02/12/2023
Foto: Visit Maldives/ Divulgação

Famoso destino turístico de luxo, as Maldivas são as próximas da lista de países que podem sumir. Por conta da elevação do nível do mar, a existência das ilhas corre perigo e, na contramão da fuga, o presidente do arquipélago recusa realocar sua população no exterior.

Mesmo com 80% das Maldivas estando a menos de um metro acima do nível do mar, o presidente Mohamed Muizzu propõe um ambicioso programa para o país não sumir: a reabilitação de terras e elevação das ilhas — plano esse que é criticado por organizações de defesa ao meio ambiente.

Foto: Visit Maldives/ Divulgação

Inclusive, o painel climático da Organização das Nações Unidas (IPCC) já havia alertado, em 2007, que um aumento de 18 a 59 centímetros no nível do mar tornaria as Maldivas praticamente inabitáveis antes do final do século. Essa é, inclusive, uma das nações mais ameaçadas pela subida do nível das águas devido às alterações climáticas.

 

Mas para Muizzu, as Maldivas são autossuficientes e, ao contrário do seu antecessor, Mohamed Nasheed, o atual presidente acredita que a melhor solução para o arquipélago é elevar as ilhas e formar cidades flutuantes. Talvez o fato de ele ser engenheiro formado no Reino Unido explique essa ambiciosa meta.

Posso afirmar categoricamente que não precisamos comprar ou alugar terras de nenhum país– Mohamed Muizzu

Foto: Visit Maldives/ Divulgação

Para as organizações responsáveis, esse plano deve ser executado com cautela, por mais necessário e possível que seja. Sendo assim, para não sumir do mapa, resta torcer para que a ambição de Muizzu seja tão elevada quanto as Maldivas precisarão estar num futuro próximo.

Os luxos do paraíso

Enquanto a elevação do nível do mar ainda não é um problema imediato, as Maldivas continuam sendo o principal destino turístico do mundo — eleito pela World Leading em 2020, 2021 e 2022. Além de 1.192 ilhas de coral, o país conta com exuberantes passeios de barco para explorar este paraíso. Confira abaixo!

Honors Legacy

Um dos iates a motor de luxo mais chamativos das Maldivas, foi feito sob medida para os entusiastas de esportes aquáticos. A embarcação tem uma ampla gama de equipamentos para fretamentos de mergulho, viagens de surf e cruzeiros de pesca, além de uma tripulação e itinerários bem preparados.

Foto: Visit Maldives/ Divulgação
Foto: Visit Maldives/ Divulgação

Princess Ulua

O superiate Princess Ulua é capaz de acomodar um total de 20 hóspedes, em 10 cabines — com opção para mais quatro disponíveis mediante solicitação em cabines familiares triplas. A embarcação conta com bar, jacuzzi no convés superior e áreas comuns espaçosas e cuidadosamente projetadas.

Foto: Visit Maldives/ Divulgação
Foto: Visit Maldives/ Divulgação

 

Por Áleff Willian, sob supervisão da jornalista Denise de Almeida

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Sino de navio americano naufragado durante a Primeira Guerra Mundial é encontrado na Inglaterra

    Embarcação naufragou após ser atingida por submarino alemão; objeto será exposto no Museu da Marinha americana

    Com método inovador, jovem inventor quer acabar com plásticos no mar

    Irlandês criou equipamento para monitorar poluição aos 12 anos e foi premiado pelo Google aos 18; conheça

    Procurando um terreno? Ilha intocada na Patagônia Chilena está à venda

    Local tem cerca de 445 km², mais de 80 lagos, a Cordilheira dos Andes de fundo e custa aproximadamente R$ 173,6 milhões

    1ª embarcação capaz de produzir seu próprio hidrogênio está prestes a finalizar volta ao mundo

    Barco percorreu mais de 63 mil milhas náuticas só com energias renováveis

    Expedição realizada no Chile pode ter descoberto mais de 100 novas espécies marinhas

    Biólogos do Censo Marinho têm o objetivo de descobrir 100 mil novos seres do mar nos próximos 10 anos