Primeiro megaiate totalmente elétrico do mundo deverá ganhar as águas no final de 2024

Projeto da Baran Akalin foi desenvolvido ao longo de cinco anos e promete eliminar a necessidade de tanques de combustível

19/06/2024
Foto: Baran Akalin / Divulgação

As tendências ecológicas estão chegando também às maiores embarcações de luxo do mercado. Lanchas, iates e até catamarãs já trazem em suas estruturas tecnologias que visam diminuir os efeitos negativos na natureza. Agora, o estúdio de design Baran Akalin apresenta o Silencieux, que deve vir a ser o primeiro megaiate do mundo a funcionar de forma 100% elétrica.

Com 67 metros (220 pés), a ideia é que o Silencieux funcione como um “explorador de luxo“, capaz de permanecer até três semanas ancorado utilizando apenas energia elétrica. Para isso, o megaiate contará com um sistema de propulsão que elimina a necessidade de tanques de combustível, utilizando geradores de hidrogênio e baterias recarregáveis com 11,4 MW de potência.

Foto: Baran Akalin / Divulgação

Equipado com quatro geradores de torque que produzem 5,2 MW de potência, o iate poderá, segundo a empresa, “fazer viagens sem esforço e sem emissões” com autonomia de “pelo menos” uma circunavegação. O modelo terá ainda uma velocidade de cruzeiro de 16 nós e máxima de 19 nós, além de uma autonomia de 14 mil milhas náuticas. Seus destaques, contudo, não ficam só nos seus meios de propulsão.


Equipado com um casco de aço e uma superestrutura de alumínio, o novo modelo ostentará uma garagem de nada menos que 170 m², espaço suficiente para acomodar um tender de 12 metros, um submarino, jets e vários brinquedos aquáticos.

 

O projeto prevê que as outras embarcações que eventualmente venham a atracar na garagem do megaiate sejam também elétricas, gerando um “suprimento infinito de eletricidade” a bordo.

Foto: Baran Akalin / Divulgação

Nas acomodações, os hóspedes contarão com seis cabines para 12 pessoas e uma suíte master, além de um deck exclusivo para o proprietário com heliporto e área para a tripulação. Nas opções de entretenimento estarão espaços como salões, academia, escritório, sauna, um salão principal de 87m² e um beach club de 155 m², com jacuzzi e varandas laterais.

Foto: Baran Akalin / Divulgação

O flybridge também será um destaque à parte, com vista de quase 360 ​​graus, um pequeno bar e dois espaços lounge (um na proa e outro no terraço).

 

O novo Silencieux deve chegar às águas no final de 2024, pelas mãos de um estaleiro italiano ainda não anunciado.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Pinguim aparece em praia de Cabo Frio (RJ), surpreende banhistas e levanta dúvida: é normal?

    Apesar de ter sido visto navegando tranquilamente no mar transparente da região, presença do animal em águas brasileiras levantou questionamentos

    Uber Boat: na Europa, passageiros já conseguem reservar de iates a limusines aquáticas

    Uso dos serviços em locais como Ibiza, Veneza, Grécia e Paris pode chegar ao custo de R$ 9,4 mil, mas com mordomias

    Ingressos para o Brasília Boat Show já estão disponíveis; saiba como adquirir o seu

    Pela primeira vez na região Centro-Oeste, evento náutico reunirá grandes destaques do mercado de 14 a 18 de agosto

    Giorgio Armani faz 90 anos: veja os iates feitos pelo ícone do estilo italiano

    Apaixonado pelo universo náutico, estilista acumula projetos de embarcações e decoração de interiores

    Noruega tem primeira balsa totalmente elétrica do mundo

    Equipada com motores elétricos e sistemas de bateria, Medstraum navega com alta velocidade e emissão zero