Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2011

Marcado pelas grandes embarcações, a 14ª edição do salão teve até barcos acima dos 100 pés

01/04/2024
Foto: Arquivo Revista Náutica

Em 2024, o Rio Boat Show chega a sua 25ª edição. Para comemorar esse momento histórico, a equipe de NÁUTICA vai revisitar o passado novamente para mais uma edição da série Memória Náutica. Hoje é dia de relembrar o Rio Boat Show 2011, salão marcado pelas grandes embarcações.

A 14ª edição do salão náutico mais charmoso da América Latina atracou nas águas da Baía de Guanabara entre os dias 27 de abril e 3 de maio, reunindo um público de mais de 55 mil pessoas. Naquele ano, o salão se destacou por apresentar cerca de 200 barcos, muitos deles, acima dos 50 pés — alguns passaram até dos 100.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Os visitantes do salão testemunharam a maior concentração de grandes barcos que o Brasil já viu– dizia a edição 247 da Revista Náutica

O que acontecia no mundo em 2011

No ano em que o mundo passou a ter 7 milhões de habitantes, o Facebook se tornava uma rede social popular, e ultrapassava o já falecido Orkut, rede social do Google, em número de usuários registrados no Brasil.

 

Ainda naquele ano, o casamento real do Príncipe William e Catherine Middleton ganhou os holofotes ao redor de todo o globo, e milhões de pessoas pararam para assistir à cerimônia, realizada na Abadia de Westminster, em Londres, na Inglaterra. Em solo nacional, o Rio de Janeiro recebia a 4ª edição do Rock in Rio, que recebeu artistas como Elton John, Rihanna, Red Hot Chili Peppers e Metallica.

Destaques do Rio Boat Show 2011

Os 12 mil metros quadrados de área construída da Marina da Glória ficaram pequenos para receber todos os enormes barcos que por lá atracaram durante o Boat Show de 2011. Isso porquê, entre as cerca de 200 embarcações, pelo menos 50 passavam dos 40 pés, 30 tinham mais de 50 e, entre três iates, dois ultrapassaram os 100 pés de comprimento.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Para acomodar esses grandalhões, foi necessário criar um “super píer”, a partir da união de três grandes balsas de aço, com 45 metros de comprimento e 18 metros de largura cada — o tamanho de uma dúzia de quadras de tênis juntas. Com isso, as embarcações ganharam 50% a mais de vagas molhadas, resultando em 50 modelos expostos em seu habitat natural.

O mercado brasileiro passou a pedir barcos cada vez maiores. O Boat Show deu a resposta– ressaltava a edição 274 da Revista Náutica

Nessa “festa das maiores lanchas”, estavam a Azimut 103 SL e a Ferretti 881 RPH, que não fizeram sucesso apenas pelo tamanho. Maior barco do salão, a 103 SL esbanjava uma cabine com duas cozinhas, quatro suites, uma sala luxuosa e um posto de comando que “mais parecia o de um avião“, de acordo com a Revista Náutica. Para completar, a embarcação navegava a 34 nós na máxima, com dois motores de 2434 hp.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Com 88 pés de comprimento, a Ferretti 881 RPH também tinha 4 suites à disposição dos passageiros, mas uma delas trazia um detalhe especial: uma banheira, logo atrás da cama, na altura de uma grande janela. Outro ponto de destaque estava no posto de comando interno, um nível acima do piso do cockpit, como se fosse um ambiente à parte — quase como um flybridge.

 

Durante o Boat Show de 2010, a Intermarine deixou nas entrelinhas que uma nova série de barcos estava a caminho e, em 2011, o público finalmente pôde ver as novas embarcações de 75, 60 e 42 pés — na água.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Com linhas modernas, os modelos tinham algo em comum: muita luz natural, graças as grandes janelas de vidro arqueadas. O modelo de 75 pés, inclusive, trazia um segundo para-brisa, como uma espécie de clarabóia.


A maior lancha da Schaefer também marcou presença no salão: a Phantom 600, pensada durante três anos pelo próprio Marcio Schaefer — dono da fábrica e autor dos modelos da marca. Quem visitou o barco por dentro se impressionou com o nível de decoração e acabamento da lancha, que dispunha de 3 suites e um cockpit com ambientes externo e interno praticamente conjulgados. Ao todo, 12 unidades foram vendidas.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Outro barco que atraiu olhares foi um trawler, da Beneteau, que naquele ano levou ao evento um novo segmento: o dos trawlers velozes, com a linha Swift, que ia contra a ideia de que o modelo precisava ser lento. Inclusive, o maior modelo da marca, de 52 pés, era equipado com dois motores de centro de 575 hp cada, que conferiam ao barco até 23 nós de velocidade — surpreendentemente rápido para um trawler.

Foto: Arquivo Revista Náutica

O Rio Boat Show de 2011 trouxe ainda novos estaleiros para águas cariocas. Entre eles, estava a italiana Sessa Marine, que escolheu a Intech Boating, de Santa Catarina, para construir seus primeiros barcos “fora de casa”. O mesmo fez outra italiana: a Aicon, que fechou acordo semelhante com a catarinense Brava. Da Espanha, veio a Astondoa e, da França, a Dufour, além de Segue Yacths (Argentina) e Sanlorenzo (Itália).

Foto: Arquivo Revista Náutica

Confira mais fotos da edição de 2011 do Rio Boat Show

Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica

Rio Boat Show 2024

Evento náutico mais charmoso do Brasil, o Rio Boat Show chega a sua 25ª edição recheado do que de melhor esse lifestyle pode oferecer. As águas da Baía de Guanabara, na Marina da Glória, recebem o evento entre os dias 28 de abril e 5 de maio. Por lá, o grande público poderá ver de perto os principais lançamentos e destaques do mercado náutico com barcos na água e test-drive de embarcações.

O repertório é grande: lanchas, veleiros, iates, jets, motores, equipamentos, acessórios, decoração e serviços náuticos estarão reunidos em um só lugar, ao lado de especialistas do setor, preparados para auxiliar todos os visitantes. Além disso, o Rio Boat Show exibe destinos náuticos, artigos de luxo e quadriciclos.


O público da 25ª edição do evento terá ainda atrações diversas, como palestras, desfile de moda e o tradicional Desfile de Barcos — em que os modelos de destaque do evento navegam pela Baía de Guanabara, junto com um show de luzes, música e até mestre de cerimônia.

Anote aí!

RIO BOAT SHOW 2024
Quando: De 28 de abril a 5 de maio;
Horário: De segunda a sexta-feira, das 15h às 22h | sábado e domingo, das 13h às 22h;
Onde: Marina da Glória (Av. Infante Dom Henrique, S/N, Glória);
Ingressos: site oficial de vendas
Mais informações: rioboatshow.com.br.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Mestre em Mecânica, Ricardo Paragon ensina a evitar panes no mar no NÁUTICA Talks

    Empresário e técnico premiado compartilhará dicas importantes durante o Rio Boat Show 2024

    Marinha anuncia regras para barcos durante show da Madonna, no Rio

    Área delimitada para o evento só aceitará embarcações identificadas, vistoriadas previamente e que respeitem os limites de lotação

    Hélio Magalhães divide décadas de experiência como velejador no NÁUTICA Talks

    Com 45 anos de mar e mais de 200 milhas náuticas navegadas, palestrante compartilhará ensinamentos no Rio Boat Show 2024

    Na Holanda, live permite acionar "campainha de peixes" para liberar passagem de animais por eclusa

    Transmissão ao vivo mostra quando um peixe aguarda passagem; espectadores avisam operadores ao "tocar campainha"

    Renault apresenta veleiro desmontável, jet elétrico e prancha motorizada

    Marca francesa propõe novas soluções de mobilidade e mostrou inovações durante lançamento de carro elétrico