Renan Macedo, da “Usina do Jet”, é novo Influenciador NÁUTICA

Há mais de 20 anos, Renan trocava seu carro por um jet; hoje ele é entusiasta de travessias e preparação de motos aquáticas

10/04/2024
Foto: Arquivo Pessoal

Crescido às margens da Represa Usina de Atibaia, no interior de São Paulo, Renan Macedo encontrou nas águas uma verdadeira paixão, alimentada pelos pais. Por lá, ele praticou remo, windsurf, esqui aquático, surf e natação, mas nada disso o cativou tanto quanto um jet.

Há mais de 20 anos, um amigo o apresentou ao mundo das motos aquáticas. A partir daí, não teve jeito: foi amor à primeira vista. O sentimento foi tão avassalador que Renan logo deu um jeito de comprar o jet do amigo — colocando seu próprio carro na troca.

Cheguei em casa com o jet e sem carro– Renan Macedo

Foto: Arquivo Pessoal

Seu primeiro modelo foi um X2, igual ao que Ayrton Senna gostava de pilotar sobre as águas quando estava longe das pistas. Não demorou para que o novo hobby o aproximasse de amigos que competiam, o que levou Renan a participar de campeonatos regionais, brasileiros e até uma etapa do mundial em Havasu, nos Estados Unidos, em 2018.

Foto: Arquivo Pessoal

Sempre registrando em fotos e vídeos os momentos ao lado do jet — não só nas competições mas também durante as preparações –, Renan percebeu que não seria má ideia criar redes sociais para compartilhar suas vivências. Nascia, então, a Usina do Jet, com canal no YouTube e perfil no Instagram.

Foto: Arquivo Pessoal

O nome, segundo ele, tem dois significados que se conectam: a expressão “montar uma usina no meu jet” (referência a equipar o veículo com um motor forte) e, claro, uma homenagem à represa que fez parte de sua formação, a Represa da Usina.


Desde 2018, a Usina do Jet conta com estrutura técnica e equipe para realizar a cobertura de campeonatos e eventos de jet, não só no Brasil, como também no exterior — conteúdo que é compartilhado nos canais digitais de Renan.

A veia da preparação de motores de jet está mais ativa do que nunca, e a visão técnica da época de piloto me deixou mais preparado para continuar aprendendo, opinando e ensinando sobre como os jets reagem a cada melhoria e mudança– Renan, sobre o conteúdo produzido pela Usina do Jet

Ultimamente, Renan tem se debruçado nas expedições de longo percurso, o que tem exigido mais conhecimento técnico de navegações no mar — informações que ele compartilha com seus seguidores e, agora, como parte do time Influenciadores NÁUTICA, vai compartilhar também por meio das redes sociais de NÁUTICA! Bem-vindo ao time, Renan!

Foto: Arquivo Pessoal

Você também quer fazer parte do time de influenciadores NÁUTICA? Envie um e-mail para [email protected] ou um direct para @revistanautica no Instagram.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Paraty, no Rio de Janeiro, foi cenário para celebrar os 40 anos da Lagoon

    Lagoon World Escapade foi realizado simultaneamente em vários destinos. Brasil teve rally, competição de canoagem e música ao vivo

    Saiba como seu barco pode ajudar moradores do Rio Grande do Sul

    Grupo Náutica uniu forças com a CUFA para apoiar o estado atingido por enchentes; instituição busca pequenos barcos para o transporte de doações

    Sem deixar feridos, incêndio na Croácia atinge mais de 20 barcos

    Incidente ocorreu em marina na cidade de Medulin, no noroeste do país, no último dia 15

    Nova lancha da Azimut promete reduzir em até 40% as emissões de CO₂

    Batizada de Seadeck 6, embarcação foi apresentada em piscina no maior evento de design do mundo, na Itália

    EUA enviam ao Rio de Janeiro porta-aviões gigante de 333 metros; entenda

    USS George Washington atracou no Brasil como parte da operação Southern Seas, que visa incentivar a cooperação entre os países