Casas flutuantes em alta: conheça as mais luxuosas do mundo

Inspire-se com cinco modelos das moradias sobre as águas que estão fazendo a cabeça dos milionários

13/04/2024
Foto: Arkup / Divulgação

Acordar de frente para o mar e ter as águas como o quintal de casa parece ser a mais nova febre dos milionários. As casas flutuantes — ou casas-barco — têm ganhado cada vez mais a aderência dos “1%” capazes de sustentar uma vida de luxo sobre as águas. Prova disso é que atualmente já é possível montar uma lista com as casas flutuantes mais luxuosas do mundo.

Antes de apresentar as novas moradias de luxo que aos poucos se espalham ao redor do globo, vale ressaltar que há uma diferença entre casas-barco e casas flutuantes. Essa última não tem motor, sendo assim, não pode ser movimentada facilmente, diferentemente das casas-barco, que possuem o equipamento e podem navegar de um lugar ao outro — mesmo que lentamente.

As casas flutuantes mais luxuosas do mundo

Arkup 75

Atracada em Miami, nos Estados Unidos — com a possibilidade de navegar por outras águas –, a Arkup 75 é uma casa-barco alimentada por motores elétricos que geram uma velocidade máxima de cruzeiro de 5 nós (cerca de 10 km/h). Além do motor, as instalações integradas para captar água da chuva e os painéis solares dão à Arkup 75 um ar de sustentabilidade — tema em alta atualmente.

Foto: Arkup / Divulgação
Foto: Arkup / Divulgação

O imóvel, que dispõe de terraço e beach club, foi projetado pelos engenheiros franceses Arnaud Luguet e Nicolas Derouin, e custa de US$ 4 milhões a US$ 6 milhões (cerca de R$ 20,3 milhões a R$ 30,4 milhões, em conversão realizada em abril de 2024), dependendo dos níveis de personalização exigidos pelo proprietário.

Foto: Arkup / Divulgação

Cheyne Walk

Muito bem localizada, a Cheyne Walk está ancorada em Londres (Inglaterra), no bairro Chelsea, a poucos metros dos pontos turísticos de King’s Road, Chelsea Harbour e Battersea Park. O local, disponível para locação, dispõe de duas grandes suítes, cozinha em plano aberto bem iluminada e um terraço na cobertura.

Foto: Knight Frank / Divulgação
Foto: Knight Frank / Divulgação

Por quase 7 mil libras esterlinas mensais (cerca de R$ 44,5 mil), o locatário garante coleta de correspondência, segurança 24 horas e suporte da equipe de manutenção de amarração. Há ainda uma outra versão da Cheyne Walk, para famílias maiores, com três quartos — que sai por 7,8 mil libras esterlinas mensais (aproximadamente R$ 49,7 mil).

Foto: Knight Frank / Divulgação
Foto: Knight Frank / Divulgação

Hollows

Também em Londres e com localização privilegiada, a Hollows fica próxima à Kew Bridge, no oeste da cidade, com vista para os jardins botânicos da capital. Com três quartos, terraço e área de estar em plano aberto, o local se destaca por ser um “complexo flutuante”.

Foto: Savills / Divulgação

A ideia vem do fato de que, além da residência principal, o local dispõe de uma casa-barco secundária, um terceiro ancoradouro, um jardim à beira do rio e um espaço de estacionamento. Toda essa comodidade sai por 3 mil libras esterlinas mensais, cerca de R$ 19,9 mil.

Foto: Savills / Divulgação

Seahorse

Se estamos falando de luxo, Dubai não poderia ficar de fora. E é dos Emirados Árabes Unidos que vem a Seahorse, uma casa-barco de alta tecnologia com design moderno e minimalista. Entre os principais destaques da residência estão salas subaquáticas, deques para banhos de sol, redes e áreas de jantar.

Foto: Grupo Kleindienst / Divulgação
Foto: Grupo Kleindienst / Divulgação

Para relaxar — ainda mais –, uma  banheira de hidromassagem no último andar dá conta do recado. Os que desembolsarem 17,5 milhões de dirhams (cerca de R$ 23,5 milhões) para morar na Seahorse, poderão contar com serviço de quarto 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Foto: Grupo Kleindienst / Divulgação
Foto: Grupo Kleindienst / Divulgação

Fennell Residence

Atualmente, a casa-barco Fennell Residence está ancorada em Portland, no estado de Oregon, nos EUA. A residência de formato diferentão foi feita em grande parte de madeira e dispõe de dois quartos, sala de estar com lareira, escritório e uma adega, além de espaços exteriores para aproveitar a vista do rio Willamette.

Foto: Robert Oshatz / Robert Harvey Oshatz Architect / Divulgação
Foto: Robert Oshatz / Robert Harvey Oshatz Architect / Divulgação

A ideia por trás do projeto é que a casa “esteja em paz com a natureza, enquanto os ocupantes estão em paz interiormente”. O valor da Fennell Residence não foi divulgado.

Foto: Robert Oshatz / Robert Harvey Oshatz Architect / Divulgação
Foto: Robert Oshatz / Robert Harvey Oshatz Architect / Divulgação

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Megaiate de 120 metros será um dos maiores já feitos na Holanda

    Novo carro-chefe do estaleiro Amels, embarcação de luxo será uma das maiores já feitas na Holanda

    Adegas rifam vinho de R$ 5 mil, envelhecido no fundo do mar, para ajudar RS

    Empresas já arrecadaram mais de R$ 100 mil com bilhetes vendidos a R$ 10 cada

    Temporada de baleias: confira regras e onde avistar o animal no Brasil

    De junho a novembro, cetáceos saem da Antártica em busca das águas brasileiras para se reproduzirem

    Cidade perdida no meio do Pacífico tem localização remota e mistério sobre sua construção

    Localizada sobre um recife de corais, a cidade perdida de Nan Madol tem fama de "amaldiçoada" e intriga cientistas

    Registro raro: lula de mar profundo ataca câmera com tentáculos “acesos”; assista

    Filmagem mostra animal sendo atraído por isca presa a uma câmera a mais de mil metros de profundidade no Pacífico Sul