Memória Náutica: relembre como foi o Rio Boat Show 2007

Já na 10ª edição do salão, evento mostrou que era o "mais náutico cartão-postal do Rio"

20/03/2024
Foto: Arquivo Revista Náutica

Em 2024, o Rio Boat Show chega a sua 25ª edição. Para comemorar esse momento histórico, a equipe de NÁUTICA vai revisitar o passado novamente para mais uma edição da série Memória Náutica. Hoje é dia de relembrar o Rio Boat Show 2007, marcado como a icônica 10ª edição do salão náutico mais charmoso da América Latina.

Desde 1998, quando o primeiro Boat Show atracou nas águas da Marina da Glória, o salão deixou claro que tinha vindo para ficar. A cada nova edição, a feira se sagrava cada vez mais como um verdadeiro polo do lifestyle náutico no país, reunindo embarcações na água, testes drive, equipamentos e tudo o de mais novo do mercado em um cenário de tirar o fôlego.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Sobre as águas da Baía de Guanabara, recebendo a brisa do mar e sob os braços do Cristo Redentor, o Rio Boat Show 2007 abriu as portas aos seus visitantes entre os dias 13 e 22 de abril, e apresentou a eles mais de 200 embarcações, além de uma série de atrações especiais.

Foram 10 dias de salão, no mais náutico cartão-postal do Rio– dizia a edição 225 da Revista Náutica

O que acontecia no mundo em 2007

No ano em que o Papa Bento 16 visitou o Brasil e a Apple lançou o primeiro iPhone, a cidade do Rio recebia a 15ª edição dos jogos Pan-Americanos, evento marcado pelo desempenho histórico dos atletas brasileiros, que somaram 157 medalhas (52 ouros, 40 pratas e 65 bronzes).

 

Ainda nos esportes, 2007 foi o ano em que o Brasil descobriu que sediaria a Copa do Mundo de 2014 — um evento canônico na vida dos brasileiros. No mesmo ano, em Lisboa, Portugal, o Cristo Redentor era eleito uma das novas sete maravilhas do mundo moderno.

 

Enquanto a China celebrava o lançamento de seu primeiro trem-bala, a Estação Cantagalo do metrô do Rio de Janeiro era aberta ao público, após 20 anos de espera.

As atrações do Rio Boat Show 2007

Como disse a edição 225 da Revista Náutica na época, “além de uma oportunidade de ótimos negócios, o salão é uma gostosa opção de lazer”. E, bom, naquele ano, o Boat Show do Rio deixou isso em total evidência.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Para se ter uma ideia, até um avião anfíbio aterrissou sobre as águas da Baía de Guanabara, em uma ação da TAM. O modelo, um turboélice Cessna Caravan 208, ficou exposto na feira entre os barcos e à venda aos visitantes do salão.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Outra atração que atraiu olhares foi um barco de papel, grande o suficiente para levar uma pessoa a bordo. A “embarcação” foi construída por Roberto Vaz no próprio salão, usando materiais como papelão dobrado e fita crepe.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Ainda naquele ano, durante os dias da feira, as águas da Enseada de Botafogo receberam a primeira etapa da Stock Boat, evento que marcou a volta oficial das corridas de motonáutica ao Brasil. A atração, que agitou — literalmente — as águas, teve Paulo Renha, da Real Powerboats, como campeão.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Os destaques do salão

Além da comodidade de comprar um barco e ter um imenso leque de opções para equipá-lo ali mesmo, no salão, os visitantes — como de praxe no Boat Show do Rio — puderam testar os barcos na prática, em um ambiente que torna difícil navegar e, depois, dizer “não” ao barco.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Aliás, falando na dificuldade em dizer “não”, o Boat Show de 2007 recebeu a lancha mais vendida do Brasil — e do mundo — à época. Tratava-se de uma Bayliner 330, modelo de 30 pés do estaleiro americano Bayliner, com costado alto.

Bayliner 330. Foto: Arquivo Revista Náutica

Outro modelo que chamou a atenção dos visitantes foi a Logic Flex 27, do estaleiro baiano Logic. A lancha trazia duas propostas em um único barco: o conceito das lanchas cabinadas mas, ao mesmo tempo, com a proa aberta — ideia do projetista Carlos Palmeira.

Logic Flex 27. Foto: Arquivo Revista Náutica

Os estaleiros já consagrados à época não deixaram de apresentar novidades na 10ª edição do salão. Naquele ano, a Schaefer Yachts expôs sua Phantom 500, a Spirit Ferretti levou a recém-lançada Spirit 460 Platinum e a Intermarine, por sua vez, apresentou a Intermarine 480 Full.

Phantom 500. Foto: Arquivo Revista Náutica
Spirit 460 Platinum. Foto: Arquivo Revista Náutica
Intermarine 480 Full. Foto: Arquivo Revista Náutica

Com tantos modelos de qualidade à disposição do público do salão, a Ferretti decidiu inovar e, os clientes que adquiriram a novidade do estaleiro, levaram para casa, de brinde, um scooter aquático amarelo.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Para os amantes dos veleiros, o salão apresentou o Wind 43, da Wind Náutica. O modelo dispunha de 3 camarotes de casal, 2 banheiros, sala e cozinha — totalmente completo. Na onda dos catamarãs — sempre presentes no salão –, quem fez sucesso foi o Enterprise, projetado por Carlos Palmeira, construído pela Logic e finalizado pela Hydrocat. A embarcação tinha como destaque uma banheira de hidromassagem que mudava de cor.

Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica

Nos jets, modelos da Yamaha e da Sea-Doo fizeram brilhar os olhos de quem foi ao salão buscando um pouco mais de adrenalina. Enquanto a embarcação da Yamaha chegava como um dos melhores jets da época, o modelo Sea-Doo chamava atenção por estar equipado com um motor de 155 hp.

Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica

Nos motores, já em 2007, as iniciativas voltadas à sustentabilidade começavam a aparecer. Foi o caso da Volvo Penta, que apresentou no salão sua “linha verde”, com modelos de popa de dois e quatro tempos com injeção direta de combustível, que prometiam consumir e poluir menos — além de serem mais silenciosos.

Foto: Arquivo Revista Náutica

Confira mais fotos da edição de 2007 do Rio Boat Show

Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica
Foto: Arquivo Revista Náutica

Vem aí o Rio Boat Show 2024!

Evento náutico mais charmoso do Brasil, o Rio Boat Show chega a sua 25ª edição recheado do que de melhor esse lifestyle pode oferecer. As águas da Baía de Guanabara, na Marina da Glória, recebem o evento entre os dias 28 de abril e 5 de maio. Por lá, o grande público poderá ver de perto os principais lançamentos e destaques do mercado náutico com barcos na água e test-drive de embarcações.

O repertório é grande: lanchas, veleiros, iates, jets, motores, equipamentos, acessórios, decoração e serviços náuticos estarão reunidos em um só lugar, ao lado de especialistas do setor, preparados para auxiliar todos os visitantes. Além disso, o Rio Boat Show exibe destinos náuticos, artigos de luxo e quadriciclos.

 

O público da 25ª edição do evento terá ainda atrações diversas, como palestras, desfile de moda e o tradicional Desfile de Barcos — em que os modelos de destaque do evento navegam pela Baía de Guanabara, junto com um show de luzes, música e até mestre de cerimônia.

Anote aí!

RIO BOAT SHOW 2024
Quando: De 28 de abril a 5 de maio;
Horário: De segunda a sexta-feira, das 15h às 22h | sábado e domingo, das 13h às 22h;
Onde: Marina da Glória (Av. Infante Dom Henrique, S/N, Glória);
Ingressos: site oficial de vendas
Mais informações: rioboatshow.com.br.

 

Náutica Responde

Faça uma pergunta para a Náutica

    Relacionadas

    Danimar leva scooter aquática e modelos off road ao Rio Boat Show 2024

    Concessionária oficial de marcas como Segway, empresa também apresentará UTV e quadriciclo ao público do evento náutico

    André Homem de Mello recorda histórica volta ao mundo a vela no NÁUTICA Talks

    Primeiro brasileiro a alcançar o feito em solitário e sem escalas integra agenda recheada do Rio Boat Show 2024

    Fernando Moraes conduz mergulho pelas ilhas brasileiras no NÁUTICA Talks

    Biólogo marinho trará à tona detalhes sobre biodiversidade e história de locais emblemáticos durante o Rio Boat Show 2024

    Prós e contras do envelopamento náutico serão discutidos com Pedro Dias no NÁUTICA Talks

    Especialista em adesivagem náutica, "Pedrinho" vai conduzir bate-papo na série de palestras do Rio Boat Show 2024

    Canal Náutica no YouTube fará cobertura ao vivo do Rio Boat Show 2024

    Evento náutico mais charmoso da América Latina contará com transmissão ao vivo todos os dias